whitehaven3

A Ligia Costa é bem das minhas: ela também faz parte da turma que acha viajar o grande investimento de nossas vidas. E ela acredita tanto nisso que está fazendo, aos 27 anos de idade, sua volta ao mundo. Vocês nem imaginam como eu me empolgo toda ver que um leitor chega até mim com uma história fantástica dessa.Porque dar a volta ao mundo é algo que exige planejamento, coragem e uma dose enorme de desprendimento, mas os resultados são sempre absurdamente enriquecedores.  

 

 

Bem, a Ligia é publicitária, apaixonada pela fotografia de surfe e todo o lifestyle envolvido e o roteiro dela foi elaborado tendo como base esta atividade bárbara. Ela está fazendo registros fotográficos incríveis dos lugares que tem visitado (confiram no site www.taporonde.com e também através de seu Instagram @licosta11), mas é claro que além da fotografia e do esporte, muitas experiências fantásticas estão sendo vividas nesta viagem.

 

O roteiro dela é de cair o queixo e por enquanto já conta com lugares “muito desagradáveis”, como Hawaii, Fiji, Polinésia Francesa, Maldivas, Tailândia e Indonésia. Chato né? Mas é aquilo que eu digo: só aproveita essas oportunidades quem nelas se joga. Admiro muito quem toma esta decisão de sair pelo mundo para viver uma aventura tão marcante assim.

 

Estou babando nas paradas que ela já fez e pretendo falar sobre cada lugar visitado pela Lígia em sua volta ao mundo, mas precisava escolher algum deles para dar início e as Ilhas Whitsunday foram as eleitas.

 

As Whitsunday Islands formam um arquipélago localizado no estado de Queensland, região nordeste da Austrália. São 74 ilhas idílicas, a maioria inabitada, bem ali no meio da Grande Barreira de Corais e do Mar de Corais. É sem dúvida uma das paradas obrigatórias para quem aprecia a vida submarina, admira águas claríssimas e curte atividades como mergulho e a navegação em grandes veleiros, como antigamente.

 

Black Island

Black Island
Foto de Ligia Costa

 

A Ligia montou base em Airlie Beach, no continente, charmosa cidadezinha portuária, de onde saem todos os passeios para as ilhas. Airlie Beach é o paraíso dos mochileiros. Ela se hospedou no Waterfront Backpackers, hostel extremamente bem localizado, seguro e confortável. Ideal para quem encara numa boa este tipo de hospedagem mais alternativa. Para quem estiver disposto a gastar mais, ela indica o Airlie Beach Hotel, com quartos excelentes e opção de vista para o mar. 

 

Airllie Beach

Airllie Beach

 

Os aeroportos mais próximos de Airlie Beach são Prosperpine, no continente, e Hamilton Island, na própria ilha. Ficar hospedado em Hamilton Island também é uma boa pedida. os passeios saem tanto de lá como de Airlie Beach. Vejam o mapa abaixo para entenderem melhor as localizações. Eu fiquei um pouco confusa, mas com a imagem me achei rapidinho:

 

Vejam no mapa a localização de Airlie Beach, do aeroporto de Prosperpine e da Hamilton Island

Vejam no mapa a localização de Airlie Beach, do aeroporto de Prosperpine e da Hamilton Island

 

Existem inúmeras opções de cruzeiros e passeios para o Arquipélago de Whitsundays, desde em veleiros antiquérrimos até em barcos e yachts super equipados, com todo luxo e conforto. Dá para escolher entre cruzeiros de 2 ou 3 noites ou viagens que duram até uma semana. A Ligia diz que é bacana se informar, pois há alguns específicos para casais e é bom adaptar o roteiro de acordo com sua viagem. 

 

Whitehaven Beach

Whitehaven Beach
Foto de Ligia Costa

 

A maioria dos cruzeiros tem como atração principal a praia de Whitehaven, a terceira mais bonita do mundo segundo o TripAdvisor. Famosa pela areia de sílica, muito fina e clara, e pela água azul turquesa, com visibilidade perfeita, a praia é realmente imperdível!

 

Whitehaven Beach + Ligia Costa

Whitehaven Beach + Ligia Costa

 

A Ligia escolheu um cruzeiro mais rústico e viajou a bordo do Solway Lass, um veleiro de 112 anos! Ela disse que foi o máximo passar a noite ouvindo as histórias do capitão, velejar sob a lua cheia, apreciar o por do sol do deck refletindo na vela e pular na água segurando a corda que ficava amarrada em um dos mastros, no melhor estilo Tarzan do Oceano, kkk.

 

No veleiro

No veleiro

 

 

Por do sol a bordo Foto de Ligia Costa

Por do sol a bordo
Foto de Ligia Costa

 

Ela também me contou que a comida no cruzeiro é excelente e que foi extremamente bem recebida. A tripulação super animada impede qualquer momento de tédio. O único detalhe que ela achou um pouco “chato” foram os banhos, que devem durar no máximo 2 minutos e fizeram ela sentir falta de uma bela ducha. Mas no final das contas, este é um senão que nem dá para ser levado em consideração.

 

O veleiro

O veleiro
Foto de Ligia Costa

 

Pedi para a Ligia nos passar um apanhado de dicas sobre o que fazer durante esta viagem pelas Whitsunday Islands e ela me mandou várias informações bacanas, separadas por “tema”. Vejam:

 

No MAR, veleje, alugue um jet-ski para explorar as ilhas e os pontos onde ficam as tartarugas. Mergulhe: a Barreira de Corais é um dos lugares mais procurados do mundo para esta atividade, devido à diversidade e beleza da vida submarina. Se você curtir, faça um dos tours específicos de pesca esportiva. Pratique SUP, passeie em um caiaque.

 

Whitehaven Beach

Whitehaven Beach
Foto de Ligia Costa

 

Em TERRA, a lagoa de Airlie Beach é perfeita para um banho de sol seguida por um mergulho refrescante. Dê uma volta pela rua principal, cheia de lojinhas e restaurantes de frutos do mar. Dentre os passeios, a Whitsunday Great Walk é uma caminhada de aproximadamente uma hora em meio à natureza que possibilita apreciar as ilhas vistas do continente. É excelente para fotografar paisagens. 

 

Água transparente em Black Island Foto de Ligia Costa

Água transparente em Black Island
Foto de Ligia Costa

 

No AR, o voo sobre a Grande Barreira de Corais é espetacular. A mistura de cores da água, os diferentes tons de azul e os bancos de areia formam uma pintura, uma verdadeira obra de arte da natureza. Há voos de 30 minutos e de 1 hora. A Ligia diz que sempre devemos optar pelo mais longo, pois o avião sobrevoa o coração da barreira de corais, uma ilha com o formato perfeito de um coração. 

 

O coração da barreira de corais. Absolutamente fantástico.

O coração da barreira de corais. Absolutamente fantástico.

 

Olha, eu até ia finalizar o texto com alguma frase de efeito, mas aqui nesse caso, a imagem realmente vale mais que mil palavras.

 

Adorei, Ligia. Muito obrigada! E claro que nós vamos querer saber tudinho sobre os outros destinos da sua volta ao mundo!

 

Postado por às 8:00

check-in category image
. Comentar


2 Comentários

  1. Marina disse:

    Parabéns pela matéria! Posso dizer que as dicas estão perfeitas e super recomendo fazer essa trip, é de cair o queixo, realmente, Whiteheaven beach! Aliás, que invejinha da Ligia né? Tive o prazer de conhecê-la viajando e posso dizer que a vibe dela é coisa de outro mundo, fora o fato de ser incrivelmente carismática e inteligente, só desejo cada vez mais sucesso, beijao Li!

Deixe o seu comentário!

© 2017, Silvana Bertolucci. Todos os direitos reservados.
desenvolvimento: Absoluto Web