xangai

Ni Hao!

 

Novidade das boas: conheci a Lívia Zonzini, que mora na China há 5 anos e, a partir de hoje, vai contar para a gente tudo sobre a incrível e excitante Xangai. Sempre tive muita vontade de falar sobre a China mas, como AINDA não conheço o país, estava realmente buscando uma boa fonte de informações. E olha: mesmo que eu já tivesse ido diversas vezes para lá, nada se compara ao relato de quem vive no lugar para nos passar dicas e impressões incomparáveis, né? Eu já estou amando essa nova parceria e aposto que vocês também vão adorar!

 

Mas, antes de tudo, vamos a uma breve apresentação: a Lívia é advogada e se mudou para Xangai em 2010, acompanhando seu marido que, por conta do trabalho, foi transferido. Antes de ir para lá, ela morou 2 anos em Bruxelas, aonde fez seu mestrado em direito econômico e financeiro. Já em Xangai, trabalhou como advogada durante 1 ano até que engravidou da sua primeira filha. Logo depois, veio o segundo filho e ela precisou dar um tempo para cuidar da família, pois imaginem só ter 2 crianças, em outro país, sem nenhuma ajuda da família. Bem, eu tenho 3 filhos já adultos, que foram criados no meu país, com mãe, avó, tia, babá, e sei que, mesmo assim NÃO é fácil, definitivamente! Agora a Lívia está conseguindo voltar à ativa e eu fiquei muito feliz por ela ter topado colaborar com suas insider tips para o blog 😀 !

 

Vamos com a Lívia à Xangai, gente. Vejam que bacana a apresentação da cidade que ela fez para a gente:

 

“Xangai significa “sobre o mar” pois sua parte leste é banhada pelo mar oriental chinês (embora não tenha praia na cidade). Sua população é de aproximadamente 24 milhões de habitantes – o que representa a população inteira da Austrália; ou 1 vez e meia a população da Holanda; ou ainda 2 vezes a população de Portugal, sendo que aproximadamente 173 mil pessoas são estrangeiras.

 

O clima em Xangai tem estações muito bem definidas: o inverno é bem frio (embora neve pouco), o verão é muuuuito quente e úmido (já presenciei sensação térmica de 46 graus!!!) e o outono e a primavera são uma delicia, com temperaturas em torno de 25 graus. Portanto, quando você planejar sua vinda, programe-se para estar aqui entre abril e maio ou setembro e outubro. Notem que tanto o outono quanto a primavera duram somente 2 meses cada um. São poucos os dias que podemos aproveitar Xangai ao ar livre, ou porque está quente demais, ou porque está frio demais, ou porque a poluição esta acima dos índices. Sabiam que a maioria das pessoas tem um aplicativo no celular que indica o índice da poluição na cidade? Dependendo da “gravidade” da situacao, somos orientados a fechar as janelas e usar mascaras. Aqui em casa tenho 5 purificadores de ar – trata-se de um item obrigatório. Esse para mim é um dos pontos negativos mais chatos de se morar em Xangai.

 

A cidade é dividida em leste (Pudong) e oeste (Puxi) pelo Rio Huanpu. Pudong é o centro financeiro de Xangai, local aonde a maioria dos bancos e instituições financeiras estão localizadas, além de shoppings, hotéis e condomínios residenciais chiquérrimos. Sabe o cartão postal de Xangai? Aquilo é Pudong. Acredite se quiser, mas há 20 anos, Pudong sequer existia e isso reflete bem a realidade da cidade: ela não para de crescer.

 

Pudong em 1990

Pudong em 1990

 

Pudong atualmente

Pudong atualmente

 

Puxi é o local onde nasceu Xangai. Lá você encontrará resquícios da Xangai antiga, o charmoso bairro francês (French Concession), o famoso Bund, que também ilustra os cartões postais de Xangai e da onde você tem uma das vistas mais incríveis da cidade, além de edifícios residenciais tops para aqueles que preferem viver mais perto do agito.

 

contrastes em Puxi: as antigas casas, dentre elas a antiga sede do partido comunista - e os predios e hoteis luxuosos

contrastes em Puxi: as antigas casas, dentre elas a antiga sede do partido comunista – e os predios e hoteis luxuosos

 

tradicional rua de comercio em Puxi

tradicional rua de comercio em Puxi

 

 

Não canso de dizer que Xangai é, sem dúvida alguma, umas das cidades mais incríveis do mundo: extremamente limpa e segura, repleta de contrastes, milhares de opções de bares e restaurantes (desde os mais simples, ate restaurantes top), vida noturna super ativa, incansáveis opções de lazer para as crianças, excelentes lugares para compras (das coisas mais simples “made in china” até produtos super luxuosos) e entretenimento. Porém, é claro que nem tudo corre sempre às mil maravilhas: apesar de já estar aqui há 5 anos, além da poluição, existem alguns aspectos culturais aos quais jamais me acostumarei. Digamos que os chineses não tem muito pudor em arrotar, cuspir ou soltar pum em público. Mas é o que eu sempre digo: costumes são costumes, cada povo tem o seu, a intrusa aqui sou eu e, colocando na balança, a China me dá muito mais em troca. Não reclamo mesmo, adoro minha Xangai.”

 

Sinalização no taxi informando aos senhores passageiros que é proibido "soltar pum"

Sinalização no taxi informando aos senhores passageiros que é proibido “soltar pum”

 

 

Saudades do Santana? 90% da frota de taxi aqui em Xangai é formada por esses carros.

Saudades do Santana? 90% da frota de taxi aqui em Xangai é formada por esses carros.

 

Servidos? A culinaria chinesa apresenta algumas extravagancias....mas isso eh assunto para um novo post.

Servidos? A culinaria chinesa apresenta algumas extravagancias….mas isso eh assunto para um novo post.

 

Bom, gente, esse primeiro post foi apenas uma introdução que a Lívia fez à sua querida Xangai. Nos próximos, ela vai falar sobre questões culturais, seu dia-a-dia, suas dificuldades e facilidades, além de nos mostrar também outros lugares maravilhosos pelos quais ela já passou na Ásia! Oba, já estou ansiosa. E para quem quiser acompanhar suas dicas em tempo real, siga o Instagram @fun_in_asia !

 

Até a próxima! Zaijian!

 

 

 

 

 

Postado por às 16:56

check-in category image
. Comentar


7 Comentários

  1. Célia Andrade disse:

    Sensacional Liviaaaaa!!! Parabéns e sucesso ai na China! Te esperamos ainda este ano para dar risadas em Itupeva/SP. Bjbj Bjks nos chinocas lindos dos seus filhos.

  2. Marilia Epiphanio disse:

    Li, adorei seu relato sobre Shanghai!
    Estarei sempre acompanhando suas dicas da Asia!
    Nos vemos daqui 2 semanas! 🙂

    Bjo gde!!

  3. Luciana disse:

    Umas das melhores descricoes de Xangai que eu ja li!!!! Parabens Li! Wo ai ni pengyou!!!!

  4. RENATO RODRIGUES disse:

    otima matéria !!!
    Pessoas boas sempre sem encontram …. Parabéns pelo encontro de vocês e parceria…. Nós só temos a ganhar !

    Renato

  5. Parabéns !!!! Muito bom, interessante,
    E sempre bom saber sobre a china!!!
    Estou gostando de saber e ler!!!!

  6. Patricia disse:

    Parabens pela parceria. Leitura leve, educativa e deliciosa. Curiosa pelos proximos artigos

  7. Melissa Rosin disse:

    Muito bom! Em poucas palavras uma explicação completa da linda Xangai! Parabéns!

Deixe o seu comentário!

© 2017, Silvana Bertolucci. Todos os direitos reservados.
desenvolvimento: Absoluto Web