drive-in-2-alta-1200x595

 

 

Inspirados nos clássicos drive-ins, Facundo Guerra e André Sturm remodelaram uma das salas do Cine Caixa Belas Artes neste estilo e colocaram uma cozinha estilizada com receitas do Riviera Bar. Agora menor, a nova sala acomoda até 83 pessoas em clima intimista, decorada com bancos de carros clássicos como Dodge, Impala e Cadillac.

 

A estreia para o público acontece hoje, com a exibição da comédia romântica “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain”.

 

A sala não terá garçons, basta fazer o pedido na cozinha, que fica nos fundos do cinema e buscar quando o pager anunciar. O cardápio, criado pelo Riviera e pela chef Mari Gilbertoni, traz sugestões divididas em “Melhor que Pipoca” (como chumbinho de porco, dadinhos de tapioca e bolinhos de arroz), “Palitinhos” (polenta com alecrim, batata frita, biscoito de polvilho), “Sanduíches” (ciabata, pesto de rúcula e queijo ou burger de fraldinha no pão de brioche), além de “Pratos” (salada, macarrão ou rosbife)  e ainda “Sobremesas” (Milkshakes, Churros ou Cookies).

 

Os ingressos custam R$30 (R$15 – meia) e, no primeiro mês de funcionamento, saem a R$20 (R$10 – meia).

 

Postado por às 18:33

servicos category image
Comentar

mala de viagem

Oi galera, ontem fui convidada pela Ornare para dar uma palestra na Casa Cor. Entre os temas abordados falei sobre como fazer uma mala prática. Como esse assunto sempre vem à tona na hora de viajar, achei legal compartilhar aqui também minhas dicas de como deixar a mala funcional anddd leve – leia-se: com no máximo 20 quilos.

 

Muitas pessoas saem do Brasil com 32 quilos e esquecem que voos internos nos destinos como Europa, por exemplo, são de 23 quilos e acabam pagando sobrepeso. A melhor dica que posso dar é sair do Brasil com quilos a menos, a viagem fica muito mais tranquila.  

 

 Como viajo muito e muitas vezes ao ano por causa da minha profissão, tive que aprender na marra, depois de muitos perrengues, como simplificar minha bagagem e torná-la eficiente com poucas, mas indispensáveis peças.

 

Para isso criei o “Manuel da mala prática” rsrs, juro que dá certo!

Criei listas para explicar melhor como isso funciona.

 

Também fiz uma lista para o nécessaire básico, os itens que realmente são ‘necessários’ e dicas para economizar espaço. 

 

E clarooo que não deixei de fora a nossa tão amada e indispensável mala de mão.

 

Espero ter ajudado nessa hora tão difícil, lembrando que cada um sabe de suas necessidades.

Enjoy!

 

MANUAL DA MALA PRÁTICA por SILVANA BERTOLUCCI

DICAS

Dou preferência para as cores neutras, principalmente as de tom mais escuro, porque às claras

sujam com mais facilidade.

Também não levo muitas variações da mesma peça porque sempre mando lavar ou eu mesma

lavo, no caso de camisetas e calcinhas.

Antes de começar a colocar as roupas dentro da mala coloco tudo em cima da cama e avalio o

que realmente vale a pena levar.

O vapor do chuveiro é ótimo para desamassar as roupas. Mas sempre dou preferência por

tecidos difíceis de amassar. Uma dica boa para os homens é colocar as camisas entre papéis de

seda brancos, isso evita que as peças amassem.

 

MALA BÁSICA PARA MULHER — ITENS INDISPENSÁVEIS (FRIO OU CALOR)

1 par de tênis confortável, de preferência não muito baixo para bater perna

1 conjunto de moletom

1 calça jeans

1 vestido preto básico

1 saia preta básica

Camisetas básicas (preta, branca e cinza)

Maio

1 par de havaianas

Roupas de ginástica

1 pashmina (no inverno ou no verão é sempre útil)

1 sapato de salto confortável e já bem gasto para sair à noite e não doer o pé

1 bolsa preta pequena e prática para usar dia e noite. Para a bolsa maior sempre opto por uma

mais prática de carregar, que transpasse o corpo

Sempre levo um relógio porque em viagem tem horário para tudo

5 calcinhas (para quem preferir existem calcinhas descartáveis, usa e joga no lixo, mas não são

nada bonitinhas)

2 sutiãs básicos (branco e preto)

1 camisola

 

MALA BÁSICA PARA HOMEM — ITENS INDISPENSÁVEIS (FRIO OU CALOR)

1 blazer

1 par de sapatos sociais (muitos restaurantes pedem)

1 ou 2 camisas sociais (cada um sabe de seus compromissos)

1 par de tênis confortável para bater perna

1 par de havaianas

1 calça jeans básica

2 bermudas

1 boné

1 conjunto de moletom

1 sunga

1 pijama

 

VERÃO

Além de todos os itens da lista acima acrescento mais esses itens, pelas roupas de verão serem

mais leves abuso um pouco mais da mala.

4 ou 5 biquínis

2 rasteirinhas básicas (bege e preta)

2 pares de havaianas

2 saídas de praia (branca e preta)

1 shorts jeans legal e um shorts jeans preto

1 canga

3 vestidos (um preto, um branco e um estampado)

1 chapéu com proteção solar

 

INVERNO

Mesma coisa que a do verão, além dos itens básicos acrescento:

1 gorro

1 cachecol

1 par de luvas

Roupas impermeáveis

1 fliss para cortar o vento

Alguns pares de meia

1 bota Ugg

Para esportes no gelo sempre levo uma bota de hiking com cadarço, mas para trilhas prefiro

tênis

 

O NÉCESSAIRE

Primeira dica, tirar o shampoo, creme, máscara e creme de corpo das embalagens originais e

despejar naqueles vidrinhos menores, tipo os que tem nos hotéis, isso ajuda a criar mais espaço e é

a quantidade perfeita para a viagem. Com o perfume prefiro levar o vidro menor, ideal para viagens. 

Caso queira levar as embalagens originais, passe um papel magipack em volta para evitar que o

conteúdo derrame e suje todo o nécessaire, ninguém merece.  

Também levo a pasta de dente pequena.  

Protetor solar é o item mais essencial da lista, está comigo no frio ou no calor

O demaquilante uso os de lenço, mais práticos quando chego cansada no hotel. 

Sempre viajo com meus remédios caso algo aconteça. 

Vitamina C sempre me acompanha para evitar resfriados durante a viagem

1 lixa de unha 

1 acetona versão pequena

1 pinça

1 pente de madeira ou uma boa escova

Secador uso o do hotel mesmo

 

MALA DE MÃO

A querida mala de mão entra como um item indispensável quando o assunto é viagem. Não vou

para o aeroporto sem a minha. 

Nela sempre levo uma troca de roupa, caso minha mala seja extraviada tenho como me virar até

resolver o problema. 

Todos os meus remédios levo na mala de mão. 

Minhas maquiagens também. Meu kit básico de maquiagem é 1 base com proteção solar, 1 rímel, 1

batom mais escuro e um nude, 1 blush e 1 sombra, O básico mesmo, que no final é o que acaba

usando. 

Meias compressoras para usar no avião. Essenciais quando se viaja de classe econômica. 

Meu fone de ouvido específico para aviões, tira aquele ruído da turbina e consigo dormir e assistir

filmes com mais tranquilidade, 

Um tapa olho.

Um carregador universal e um adaptador, muito úteis em qualquer circunstância. 

Meu livro e palavras cruzadas, ajuda a passar o tempo no avião. 

Óculos escuros para disfarçar a cara de avião. 

Barrinhas e snacks saudáveis. 

Evito levar joias em viagens, já tive problemas com isso e o hotel nunca se responsabiliza, então

para evitar estresse viajo com meu brinco e anel do dia a dia.

Sempre levo uma cópia autenticada do meu RG, porque deixo meu passaporte no cofre do hotel. 

Dinheiro também separo o valor que vou usar no dia e o restante fica no cofre, nunca andem com

todo o seu dinheiro, se acontece alguma coisa pode acabar com a viagem. 

 

Espero ter ajudado com minhas dicas.

Beijos, 

Silvana Bertolucci

 

Postado por às 17:23

servicos category image
Comentar

Gente, preciso contar para vocês que me associei ao Leaders Club, programa bárbaro de benefícios da Leading Hotels e não vejo a hora de viajar de novo para começar a usar as vantagens que eles oferecem. Já fazia tempo que eu estava louca por um cartão de membro, mas sabem como é, né: casa de ferreiro, espeto de pau, nem sei porque demorei tanto para me inscrever, já que tudo pode ser feito pela internet de forma super simples! E é realmente super vantajoso. Fui conferir tudo o que o programa oferece e me animei ainda mais. 

 

Bom, vocês sabem que a Leading Hotels foi fundada em 1928 por uma turma de 38 hoteleiros europeus com muita visão de futuro e segue até hoje selecionando hotéis que atendem seu padrão de qualidade, né? Para ter o selo Leading Hotels, o estabelecimento deve cumprir normas super exigentes no que diz respeito a TODOS os aspectos que afetam o conforto dos hóspedes. A inspeção de cada hotel é feita com base em centenas de critérios distintos e super rigorosos e então ainda há uma votação entre os membros para aceitação ou rejeição. Enfim, só as propriedades mais exclusivas do mundo são admitidas e quem sai ganhando somos nós,que temos a garantia de qualidade endossada por que entende. 

 

lhw-460x266

 

O Leaders Club funciona basicamente assim: você se associa – pode ser em qualquer hotel LHW ou pelo site (http://www.lhw.com/leaders-club) – e a adesão começa a valer imediatamente. A gente paga uma anuidade, mas vejam: o programa oferece café da manhã em todas as hospedagens, então pensem só como vale a pena! Acaba que a anuidade se paga super rápido. Ainda dá para optar entre duas categorias com valores de anuidade diferentes, a Leaders e a Unlimited. É tanta coisa boa oferecida por eles que até me perco, mas só para vocês terem uma idéia, estamos falando aqui de benefícios como:

 

– um noite cortesia em um hotel da Leading Hotels a cada quatro ou cinco estadas completas;

– Café da manhã continental para duas pessoas;

– Upgrade de categoria na acomodação;

– Acesso grátis à internet;

– Traslado cortesia do aeroporto para o hotel;

– Tarifas especiais;

– Prioridade para early check-in e late check-out;

– Late check out garantido ás 16h00;

– Presentinho de boas-vindas exclusivo em cada hotel membro da Leading;

– Convite para eventos Leaders Club que estejam acontecendo na sua cidade;

– Convites para eventos Leaders Club nos hotéís durante sua estada.

 

 Bárbaro, hein? Agora que faço parte deste clube…imaginem como vou ficar impossível durante minhas andanças pelo mundo? Nem eu vou me aguentar. Recomendo muito!

 

Postado por às 13:24

servicos category image
Comentar

 

Gente, estou passando uns dias em Londres antes de embarcar para a Islândia (viagem bafônica, aguardem) e aproveitei para dar uma geral nesta cidade que tanto amo. Sabiam que eu já morei aqui muitos e muitos anos atrás? Mil novecentos e bolinha não define, mas enfim. Sou louca por Londres e é isso que importa. 

 

IMG_8591

 

IMG_8593

 

Daí que descobri este serviço, o Afternoon Tea Bus Tour, que é o mais novo queridinho da terra da Rainha. É um passeio de ônibus que dura 1h30, pelos principais pontos de Londres com o típico chá inglês a bordo. Um charme! Custa £45 para adultos e £35 para crianças. É bem bacana. Até minhas primas princesas, que estão morando aqui, e com que passei dias maravilhosos me acompanharam.

 

IMG_8576

 

IMG_8602

 

IMG_8563

 

 

Imprescindível reservar com antecedência!

 

E gente: como eu disse, parei aqui pois estou indo para a Islândia e logo em seguida vou emendada para a Indochina! São duas viagens incríveis que terão todos os detalhes publicados aqui, no meu Instagram @silvanabertolucci e no meu Snapchat silbertolucci. Acompanhem, tá? Vai ser mara.

 

Beijos beijos, até mais!

Postado por às 17:29

servicos category image
Comentar

A Receita Federal já avisou: vai implementar um sistema mais rígido de fiscalização dos passageiros de vôos internacionais que entrará em vigor ainda no primeiro semestre de 2015. As regras para a tributação de itens importados continuam as mesmas, mas a grande novidade ficará por conta do aumento na fiscalização contra a entrada irregular de produtos nos aeroportos do País.

 

Antes de tudo, vamos entender quais são as regras de tributação? O que pode e o que não pode? Não adianta nada falar sobre mudanças na fiscalização sem antes expor o que já é determinado. Começando do início, vamos esclarecer a questão que envolve produtos tributados e produtos isentos.

 

 ————————————————————————————————————————————–

 

PRODUTOS ISENTOS – são aqueles de uso ou consumo pessoal, como roupas, livros, acessórios, celular, máquina fotográfica – tudo em uso. Por serem considerados bens de uso pessoal, não entram na cota e não são tributados, mas atenção: é necessário que seja apenas uma unidade de cada produto e eles devem estar todos em uso. Celular na caixa NÃO está em uso, roupas com etiqueta NÃO estão em uso e 8 exemplares do mesmo livro NÃO são para uso pessoal, certo? Não interessa se é tudo para seu próprio uso mesmo. A Receita não vai aceitar. Eles também observam o conteúdo de tudo, que é super importante para caracterizar que tudo é seu mesmo. Importante lembrar que itens eletrônicos são considerados de uso pessoal apenas se tiver uma unidade de cada produto. Assim, se você levar uma câmera e um celular do Brasil para a viagem e comprar outro item para a mesma função no exterior, ele não será considerado de uso pessoal e poderá ser tributado se ultrapassar a cota.

 

Atenção às pegadinhas: equipamentos para uso profissional poderão ter isenção de tributos caso seja um objeto portátil e tenha sido utilizado profissionalmente no exterior. A atividade e o uso do maquinário devem ser comprovados; enxoval de bebê pode ser taxado se passar da cota e se a criança ainda não tiver nascido ou mesmo se não estiver presente na viagem, já que seus itens não estariam em uso, claro; vestido de noiva: vale a mesma regra. Podem ser taxados se passarem da cota. Só será isento de tributos se a viajante comprovar que realizou o casamento durante a viagem; Ipad: não é considerado isento. Será tributado se ultrapassar o valor da cota.

 

COTA – A cota pra compras de mercadoria no exterior é US$ 500 (por via aérea ou marítima) ou US$ 300 (terrestre ou fluvial), então as compras até esse valor não serão tributadas em seu retorno ao Brasil. Gente, não adianta, o valor da cota não pode ser unificado para viajantes que estão juntos. Tipo: você compra um item de US$800 e quer contabilizar como US$500 seus e US$500 do seu marido. Nem pensar, tá? Bom, se você ultrapassar a cota, os produtos deverão ser especificados na Declaração Eletrônica de Bens de Viajante (e-DBV) e serão tributados a uma alíquota única de 50% aplicada sobre o valor excedente. Melhor fazer a declaração. Se te pegarem sem ela, você terá que pagar, além do imposto, uma multa de 50% sobre o valor excedente. Bens que somarem mais de US$ 3.000,00 poderão ser retidos e tributados segundo as regras oficiais de importação.

 

Se você tiver produtos comprados em viagens anteriores, tenha em mãos a e-DBV referente a eles. Isso pode te facilitar MUITO a vida se tiver sua bagagem fiscalizada.

 

SOBRE OS PRODUTOS DO FREE SHOP – Os produtos adquiridos no Free Shop no Brasil são isentos de impostos até o limite de US$ 500. Porém, esses produtos não concorrem na cota de US$500 para produtos importados. Significa que o viajante terá direito a “duas” cotas de isenção: US$500 para produtos importados e US$500 para produtos adquiridos no Free Shop no desembarque. Porém, se as compras forem feitas em um Free Shop no exterior elas serão contabilizados na cota principal de US$500 junto com os outros produtos adquiridos no exterior. O valor excedente será tributado da mesma forma, em uma alíquota única de 50%. Não tem erro, gente.

 

Só mais um detalhe, também super importante: mesmo dentro da cota de US$ 500, há limites estabelecidos para compra de produtos. Por exemplo: 12 litros de bebida alcoólica, 10 maços de cigarro, 25 unidades de charutos ou cigarrilhas, 250 gramas de fumo, 20 unidades de objetos com valor unitário inferior a US$ 10,00 desde que não haja mais do que 10 unidades idênticas, 20 unidades de objetos, desde que não haja mais do que 3 unidades idênticas.

 

Parece complicado mas garanto que não é. Mas vamos voltar ao assunto inicial

 

 ————————————————————————————————————————————–

 

Acontece que os fiscais terão acesso a informações de diferentes fontes sobre o viajante de vôos internacionais. O peso da bagagem, local de origem do vôo e tempo de duração da viagem serão algumas informações que eles vão analisar no retorno dos viajantes. As companhias aéreas vão passar todos os dados que serão cruzados com os sistemas da Receita e da Polícia Federal. Antes do avião pousar no Brasil, o Fisco, com estes dados em mãos, já vai ter feito a lição de casa direitinho e decidido quem terá as malas verificadas. Ui.

 

Há uma outra ação que será colocada em prática, esta mais rigorosa: câmeras vão fazer o reconhecimento facial dos viajantes e comparar as imagens com a foto do passaporte a fim de selecionar potenciais sonegadores e suspeitos de lavagem de dinheiro. A Receita Federal garante que tudo será feito com muita agilidade, o que facilitará a vida do viajante “sem suspeitas” no desembarque, deixando a demora apenas para os que caiam na rede do Fisco. A promessa das mudanças é de uma fiscalização mais precisa e eficiente. Assim esperamos. 

Postado por às 14:40

servicos category image
Comentar

Estou indo passar o final de semana no Rio de Janeiro e vou aproveitar para contar para vocês algumas das minhas dicas sobre como organizar uma bagagem compacta, que caiba em apenas uma mala de mão, tamanho ideal para períodos curtos. Porque vamos combinar: mais do que isso pode ser considerado princípio de exagero. Né? Essa tarefa pode parecer fácil, principalmente para os homens, mas nós, meninas, definitivamente sofremos!

  

Em primeiro lugar, carregar um container gigante para passar apenas dois dias fora de casa é absolutamente desnecessário, né? Não, você não vai usar 7 calças, 5 sapatos e 9 bolsas. Isso é um fato. Em segundo e importantíssimo lugar, porque eu (e acho que todo mundo) detesto esperar a mala na esteira do aeroporto. Morro de tédio, costuma demorar horrores, fora o medo de ter a mala extraviada. Quem já passou por isso, como eu, conhece bem a sensação de friozinho na barriga que só passa quando conseguimos finalmente enxergá-la. Enfim. É por isso que, sempre que posso, viajo com uma mala que caiba no compartimento de bagagem da cabine. Não perco tempo e não corro o risco de ficar sem as minhas coisas. 

 

Eu sou super prática para organizar o que vou levar e como viajo muito a trabalho, o importante mesmo é saber escolher a mala certa para cada ocasião. Isso faz toda a diferença, podem acreditar. Quando digo “mala certa” estou me referindo ao tamanho, claro, e à qualidade. Veja se o espaço interno é bom, certifique-se de que o material é resistente (mala sofre, gente), tente optar por um modelo com rodinhas 360°, que são infinitamente melhores de arrastar, preste atenção às divisórias, alças, e todos os detalhes que possam facilitar sua vida. Bom, além de tudo isso, para mim a mala ainda tem que ser LINDA, kkk, por favor, né? Sou menina e adoooro isso! 

 

Vejam só que separei poucas coisas e já escolhi, antes de guardar, onde tudo vai. Desta vez, a eleita foi minha nova Bagaggio que mandei personalizar.

Vejam só que separei poucas coisas e já escolhi, antes de guardar, onde tudo vai. Desta vez, a eleita foi minha nova Bagaggio que mandei personalizar.

 

Desta vez estou viajando com uma mala nova da Bagaggio. Ela atendeu super bem minhas necessidades em relação ao tamanho – tem um ótimo espaço interno e viaja juntinho de mim – é super leve, e isso é uma mega qualidade, pois algumas malas já são tão pesadas vazias que, quando a gente enche de coisa, afff, parece que está levando um cofre. E não se esqueçam que as malas têm limite de peso e se for ultrapassado não tem como escapar da taxa. Fora isso, a mala tem tudo o que eu já citei aqui como imprescindível: gira 360°, tem alças bacanas, material bom, tudo. Mas o melhor de tudo: ela pode ser CUSTOMIZADA!

 

Tcharããããn! SB, de Silvana Bertolucci S2

Tcharããããn! SB, de Silvana Bertolucci S2

 

O desenho que escolhi para a minha, com as iniciais, ficou MARA, mas na verdade, dá para mandar estampar qualquer print, nome ou frase nessa mala deles. É facinho facinho, só entrar no site e enviar a imagem que quiser! Amei isso.

 

Sabendo disso tuuuuudo, vamos lá! Vou listar o que está indo comigo para meu fim de semana carioca!

 

Como tenho 2 aniversários , levo 2 vestidos , 1 sapato e uma 1 bolsa para os 2 vestidos;

Para o dia, 1 biquini com shorts jeans e 2 camisetas. Se der praia, eu uso o biquini com short e camiseta. Se não der praia eu uso o short e a camiseta ;-);

Lingerie em saquinhos e uma necessaire BEM prática, só com o que eu vou usar MESMO, senão ela fica imensa;

Um vestidinho pratico para voltar no voo .

FIM

Brincadeira, gente. Também não deixo de levar: 

Meu ipod com fone

Um bom livro

Um ótimo protetor solar com chapéu

1 roupa de ginastica com tênis

Palavras cruzadas ( sou viciada) 

 

Agora acabou mesmo. Levo tudinho em embalagens especiais para viagem, principalmente se a mala vai na cabine comigo, como é o caso.  

 

Quantidade certa de itens, tamanho correto de mala: não tem como dar errado. Viajar com praticidade e segurança é meu lema.

Quantidade certa de itens, tamanho correto de mala: não tem como dar errado. Viajar com praticidade e segurança é meu lema.

 

Olha só como tudo vai super bem separadinho e organizado.

Olha só como tudo vai super bem separadinho e organizado.

 

Essa divisória é excelente para manter tudo bonitinho em seu lugar e facilitar o processo de arrumação.

Essa divisória é excelente para manter tudo bonitinho em seu lugar e facilitar o processo de arrumação.

 

Bom, é isso, gente. Coube tudo, não levei nada em exagero e tenho certeza de que não precisarei de nada que não veio na mala. Se preparem que o próximo post vai ser sobre como organizar uma enorme, hein!

www.bagaggio.com.br

@bagaggio

 

 

 

 

Postado por às 14:25

servicos category image
Comentar

 

A013

 

Viajar é sempre muito bom, mas deixar nossos bichinhos estimação em casa dá uma saudade…então, por que não pensar em lugares bacanérrimos para ambas as partes, onde é possível aproveitar tudo o que uma estadia top pode nos proporcionar e ainda desfrutar da companhia dos nossos melhores amigos? A questão é que viajar com nossos pets é uma experiência incrível e, para que tudo dê certo, precisamos ficar atentos a apenas a alguns detalhes que acabam sendo fundamentais para o sucesso da expedição. 

 

Minha Marie S2

Minha Marie S2

 

Existem muitas opções de hotéis e pousadas pet friendly por aí, mas é sempre bom levarmos em consideração distância e transporte do pet, principalmente se ele for grande e agitado como a Marie, minha filhota peluda Golden Retriever. E claro: escolher um hotel que aceite bichinhos de estimação e que tenham um ambiente bacana para nós e adequado para eles. Assim todos ficam bem acomodados, bem servidos e se divertem a valer.

 

silvana_bertolucci_lucasvieira-103

 

Foi pensando em tudo isso que decidi pedir um pitaco profissional para a Larissa Rios, que entende muito do assunto já que é especialista em turismo e eventos para pets e seus donos e, dentre suas diversas qualificações, é a fundadora do portal Turismo 4 Patas. Além disso, é mãe de DUAS Goldens, que estão sempre com ela e a auxiliam nos testes e classificação de cada hotel recomendado. Achei perfeito e só digo que pretendo iniciar minhas andanças com a Marie o quanto antes. A Larissa me passou 3 indicações bárbaras, super próximas a São Paulo e que atendem com excelência pets e donos. Importante frisar que ela testa e classifica cada hotel recomendado, sempre junto de suas duas Golden, então estamos falando aqui de uma recomendação super séria. Importantíssimo também consultar a política de aceitação em cada estabelecimento e SEMPRE respeitar as regras. Estamos ganhando estes espaços e o bom comportamento de todos, principalmente do humanos, é fundamental para que sejam mantidos. 

 

Vamos lá:

 

Pousada Encanto da Bocaina – fica em  São José do Barreiro, SP, numa área super verde e cheinha de animais silvestres. Com apenas 3 bangalôs, recebe os hóspedes – casais, na maioria – com charme e carinho em um ambiente rústico que valoriza o bem estar, o bom gosto, a harmonia e o descanso. Os proprietários, Wilson e Luciana Martins, estão sempre por lá e isso faz toda a diferença. À noite, os hóspedes podem apreciar o céu estrelado, a lua cheia, os vagalumes e a cantoria dos sapos martelo, que deixam a atmosfera ainda mais acolhedora. A pousada conta com um bistrô delicioso, chamado Pirilampo, onde é possível provar desde um brunch todinho servido com produtos caseiros, até um menu gourmet muito bem elaborado, acompanhado por um belo vinho ou uma genuína cachaça premiada. Com essa natureza toda ao redor – a pousada está em plena mata Atlântica, na região da Serra da Bocaina – não tem como os pets não se sentirem em casa. E saibam que parte da taxa diária cobrada por cada um deles, é doada para a Associação Quatro patinhas. Bacana.

 

Um dos três bangalôs do Encanto da Bocaina Reprodução Internet

Um dos três bangalôs do Encanto da Bocaina
Reprodução Internet

 

Encanto da Bocaina Reprodução Internet

Encanto da Bocaina
Reprodução Internet

 

Se divertem pouco, né? Encanto da Bocaina Reprodução Internet

Se divertem pouco, né?
Encanto da Bocaina
Reprodução Internet

 

Encanto da Bocaina Reprodução Internet

Encanto da Bocaina
Reprodução Internet

 

Ronco do Bugio Pouso e Gastronomia – fica em uma reserva florestal  na Serra de Paranapiacaba, na cidade de Piedade, a 100 km de São Paulo, e faz parte dos Roteiros de Charme. Adoro. Oferece hospedagem de alta qualidade tanto para os humanos como para os pets, que ficam acomodados juntos com os donos nas lindas suítes personalizadas super bem decoradas, com enxoval Trousseau e tudo mais. Em cada acomodação há um quintal cercado, perfeito para os bichinhos, que também podem fazer as refeições com os donos numa parte reservada do restaurante, e o melhor de tudo: frequentar a piscina! No mais, a cozinha é super refinada, as ações sustentáveis, louváveis, e as atividades, como as trilhas e a piscina de água natural, muito bacanas.

 

Suite deliciosa no Ronco do Bugio

Suite deliciosa no Ronco do Bugio Reprodução Internet

 

Que piscina, hein?  Ronco do Bugio Reprodução Internet

Que piscina, hein?
Ronco do Bugio
Reprodução Internet

 

Ronco do Bugio Reprodução Internet

Ronco do Bugio
Reprodução Internet

 

Academia Ronco do Bugio Reprodução Internet

Academia
Ronco do Bugio
Reprodução Internet

 

E para completar ainda temos o lindo e delicioso Unique Garden Hotel & SPA, refúgio deuso de onde sou fã! Fica até difícil explicar como é que um santuário como este pode estar tão perto de São Paulo! Localizado nas proximidades do Parque Estadual da Cantareira, último reduto preservado da Mata Atlântica na cidade, o Unique Graden tem como principais tesouros seu jardim, florido o ano inteiro, água mineral de fonte própria e uma horta com ervas e verduras orgânica e muito mais. Os pets a partir de 6 meses de idade são super bem vindos e recebidos com todos os mimos possíveis: comedouro, bebedouro, caminha e brinquedos, ração orgânica e até carpaccio de boas vindas! Além disso, eles também têm um playground especial. Demais, gente.

 

Reprodução Internet

Reprodução Internet

 

O Unique Garden oferece aquele tipo de hospedagem de altíssimo padrão que ainda proporciona saúde, bem-estar, tranquilidade, relaxamento e desligamento total. Suas villas e chalés são cercados de jardins floridos, com muito espaço e privacidade. A beleza e o aroma da lavanda tomam conta de cada canto do hotel, o que faz do ambiente um verdadeiro sonho. Isso sem falar nos bosques, aves e animais silvestres, plantas nativas e ar puro em 330 mil m².

 

Os incríveis jardins do Unique  Garden Reprodução Internet

Os incríveis jardins do Unique Garden
Reprodução Internet

 

Unique Garden Reprodução Internet

Unique Garden
Reprodução Internet

 

Seu Spa é MARA, e a gastronomia, detentora do selo Green Kitchen, que certifica os mais altos padrões de ingredientes orgânicos, semeados e cultivados em estufas próprias, também merece aplausos. Tudo muito requintado, com atendimento super personalizado e com seu bichinho sempre junto. Não dá para ser melhor.

 

Uma das suites do Unique Garden Reprodução Internet

Uma das suites do Unique Garden
Reprodução Internet

 

Bom, depois dessa, vou ter que comunicar à Marie que faça as malas, pois nossa agenda estará lotada! Quem nos acompanha?

 

Vamos?

Vamos?

Postado por às 17:47

servicos category image
Comentar

Essa é para quem, assim como eu, é louco por viagens e esportes. Recebi o calendário de março com a programação das Maratonas pelo mundo e vim aqui dividir com vocês, pois me digam: há oportunidade melhor para desafiar os próprios limites e ainda visitar lugares incríveis?

 

Não há, gente. E não importa o destino, pois, seja em um cenário histórico, em uma grande cidade ou em meio à natureza, a pedida é sempre boa. Vejam só o que temos pela frente:

 

13 de Março – Jerusalem Marathon – Jerusalém, Israel – esta prova vai além de se apreciar belos cenários pelo caminho. O trajeto conduz os participantes a uma viagem por mais de 3 mil anos de história! Sempre que vejo cenas dessa corrida na televisão fico emocionada, morta de vontade de me juntar à trupe.

 

jerusalem

Reprodução Internet

 

15 de março – Media Maratón por los Caminos del Vino – Mendoza, Argentina – aqui a corrida se dá em meio a montanhas e vinícolas. Esta prova tem duas opções de percurso, 21 km e 10 km, e acontece aos pés da majestosa Cordilheira dos Andes. Imagina emendar esse programa com uma estadia deslumbrante e degustações idem? Ah, porque eu sou louca por viagens, louca por esportes e completamente louca por vinhos também, vocês sabem, né? kkk 

 

mendoza

Reprodução Internet

 

15 de março – LA Marathon – Los Angeles, Estados Unidos – o trajeto hollywoodiano inclui os principais cenários de Los Angeles e vai até a deliciosa Santa Monica. Esta é uma das provas mais badaladas do circuito norte-americano. 

 

LA_Marathon

Reprodução Internet

 

22 de março – Maratona di Roma – Roma, Itália – essa é de matar, de tão bacana. A largada é simplesmente no Coliseu e o trajeto inclui a Basílica de San Pietro, a Fontana di Trevi, a Piazza Navona…basicamente um circuito histórico, um city tour completo! Ver Roma assim é uma experiência única, garanto. 

 

Reprodução Internet

Reprodução Internet

 

E há também a Nappa Valley Marathon, perfeita para os corredores iniciantes, já que seu percurso é predominantemente plano, em meio a uma das rotas de vinhos mais famosas do mundo. Como esta prova tem inscrições limitadas a apenas 3000 participantes, as vagas para 2015 já foram esgotadas, mas fica a informação para se planejar. 

 

Programão, gente. Imagina cumprir o desfio e ainda fazer uma extensão de estadia em um desses destinos absolutamente bárbaros? Assim que eu tiver as próximas datas, posto aqui de novo, ok? Bora treinar!

Postado por às 15:16

servicos category image
Comentar

Gente, vocês viram esta mala?

 

 

 

É mala de bordo, full size, armário, mesa….

 

Apesar de ser mais um protótipo supimpa, não pude deixar de comentar e engrossar a torcida para que essa ideia inteligente entre em linha de produção e chegue até nossas mãos o mais rápido possível.

 

לאתר

 

Basicamente a Fugu foi desenvolvida por um israelense chamado Isaac Atlas que, com a ajuda de Daniel Gindis e David Lifshitz, pensou ser possível haver uma maneira melhor de solucionar o “dilema mala”. Na sua concepção, o trio pensou em uma mala que não forçasse o viajante a tomar decisões difíceis sobre o espaço real da bagagem. Tudo começou quando Isaac descobriu, durante uma viagem de negócios, que sua mala de mão não seria suficiente para trazer de volta os presentes que ele havia comprado para seus entes queridos. Essa situação super cotidiana, pela qual todos nós já passamos, o fez observar que todas as malas de qualidade disponíveis no mercado têm, mais ou menos, as mesma características e que nenhuma delas se ajustava adequadamente para atender todas as necessidades dos viajantes, desde a capacidade de se adaptar a um novo tamanho de bagagem até o modo como os itens são armazenados em seu interior. 

 

fugu-luggage-002-1500x1000

 

Pois bem. Esta falta de flexibilidade os fez perceber que tinha chegado o momento de se repensar como uma mala de viagem deve ser e funcionar.

 

Eu sou louca por malas pois este é um acessório que faz parte da minha profissão. Tenho todos os modelos, tamanhos e cores possíveis e imagináveis, mas este protótipo é realmente incrível. Adorei porque, se pensarmos bem, as malas evoluíram, mas nem tanto. Daí alguém se vale da tecnologia e do design e cria algo inovador como a Fugu, que certamente virá para facilitar e muito a vida dos viajantes, atendendo às suas necessidades através de simples ajustes! 

 

630x355

 

De acordo com as informações que vi no site, suas medidas estão em conformidade com as limitações padrão das companhia aéreas e a mala foi projetada para expandir dentro destas dimensões. Elas são feitas de materiais extremamente duráveis e resistentes a choques e água. Dentro delas há prateleiras embutidas que podem ser anexadas ou recolhidas a qualquer momento. Em outras palavras, ela pode virar um “armariozinho” e quem for organizado (ui) poderá optar por nem desfazer a mala no hotel. Além disso, sua altura e largura a tornam ideal para ser usada como mesinha portátil, formato que atende uma grande variedade de fins, e faz dela não apenas um suporte de laptop. 

 

88414d4d8d8455f20cdc5e1c45fcb2db_large

 

Falando em laptop, a Fugu tem um estojo portátil removível com medidas que se adaptam e fazem dele tanto um suporte para o computador como um case de fato. Isso sem falar que o estojo pode ser usado também para seus objetos pessoais.

 

2392C11800000578-0-When_it_is_expanded_the_wheeled_suitcase_can_store_120_litres_wo-38_1417219772663

 

 

E o mais importante: seu peso, mesmo com as paredes infláveis e uma alça extra, não é maior do que o de uma mala média padrão.  

 

Como eu disse, ela ainda é um protótipo e os meninos estão buscando apoio dos próprios consumidores potenciais para que a produção da Fugu se viabilize. Mas tudo indica que é mesmo uma ideia revolucionária, hein?

Postado por às 16:40

servicos category image
Comentar

Deu no UOL:

 

“Aperto da classe econômica pode estar com os dias contados”

 

Sério????

 

Antes de a gente sair dançando pela rua em comemoração à manchete, preciso dizer que, pelo menos por enquanto, essa maravilhosa notícia faz referência a um projeto que ainda é apenas um conceito envolvendo poltronas conversíveis concebido por um chinês joinha chamado James Lee. Ele é chefe da Paperclip Design, uma empresa de Hong Kong especializada em design de interiores para a indústria de aviação, e sua ideia genial traz uma solução para agradar os passageiros e ampliar a oportunidade de lucro de empresas aéreas ao mesmo tempo.

 

Não disse que ele era joinha?

 

Olha, se o que ele sugere sair mesmo do papel e for colocado em prática, uma nova era nas longas viagens em classe econômica se iniciará, e desta vez, sem a tortura gerada pelo aperto das cabines. Isso tudo apenas com a mudança de design das poltronas. Não é bárbaro?

 

Tipo isso

Tipo isso

 

O assento que ele projetou se chama Butterfly e seu modelo permite que as companhias aéreas modifiquem a configuração das cabines dos aviões de acordo com a demanda de cada voo. O resultado disso, segundo ele, é mais espaço para os passageiros de todas as classes, já que fica super fácil adaptar a cabine com uma disposição de 2-4-2 assentos para uma de 1-2-1. O Butterfly foi pensado especificamente em acomodar passageiros viajando em econômica premium ou executiva mas, diante disso que nos é apresentado, fica claro que não seria impossível aproveitar a solução para toda a classe econômica, ou até mesmo para a first!

 

2

 

Cada Butterfly é composto, na realidade, por duas poltronas conjugadas, com o assento do corredor posicionado de forma desnivelada, para trás do assento da janela ou do meio. Olhando as imagens (que também tirei lá do UOL), fica bem mais fácil de entender as explicações da coisa toda, juro.

 

3

 

4

 

Enfim. Quando as duas poltronas dos quatro conjuntos de assentos da fileira são utilizadas, temos a classe econômica. Nessa disposição, mesmo com oito passageiros sentados lado a lado, há um super espaço lateral para todos, graças ao esquema de desnivelamento. 😀 . Isso significa que, mesmo na econômica, o passageiro vai contar com uma mesa larga, nichos para acomodar pequenos objetos e um apoio de pés ajustável em forma de pufe. Para vocês terem uma ideia, em uma aeronave como o 777, são até 53 cm de espaço entre os apoios de braço para cada passageiro. Isso, meus queridos, é o tamanho que encontramos em algumas cabines executivas, sabiam? 😀 😀

 

5

 

E tem mais: o encosto dos assentos do meio ou da janela podem ser rebatidos, transformando a dupla de poltronas em uma mini-suíte com um sofá lateral na configuração de classe executiva. Este sofá, além de ampliar o espaço disponível para o passageiro, pode acomodar um segundo viajante para as refeições ou permitir que crianças durmam ao lado de seus pais durante o voo. 😀 😀 😀

 

6

 

Para completar, o assento do corredor pode ser rebatido, e isso forma uma cama diagonal junto ao sofá com dimensões respeitáveis (196 cm de comprimento por 110 cm de largura) que faz dele uma das maiores camas disponível nos ares. É espaço suficiente para o passageiro dormir em qualquer posição. 

 

7

 

Resumindo, além de permitir modificações rápidas nas combinações de assentos disponíveis em cada voo, o Butterfly simplificaria para as companhias aéreas a questão em torno de oferecer upgrades aos clientes. Como a demanda não é constante, previsível tampouco, essa flexibilidade toda ajudaria as empresas a combater incertezas, segundo Lee. 

 

Eu espero mesmo é que essa excelente ideia ajude a nós, passageiros que pagamos tanto para voar na econômica e mais ainda por uma poltrona business. Haja milhas. E dinheiro!

 

Mas é aquilo, né: todo mundo achou o MÁXIMO  o tal do Butterfly, mas o projeto – que já recebeu 2 prêmios super importantes da aviação – ainda depende de parcerias para ser executado. A Paperclip andou dizendo que, com otimismo, poderíamos pensar nisso para, talvez, depois de 2017.

 

Para mim, o que interessa é o fato de alguém competente ter apresentado algo que pode vir a ser uma solução. Algo que pode trazer benefícios para os viajantes. Estamos juntos nessa torcida, certo? Qualquer novidade eu conto para vocês! 😉

 

Postado por às 14:31

servicos category image
Comentar
© 2017, Silvana Bertolucci. Todos os direitos reservados.
desenvolvimento: Absoluto Web