O Pinguim é a choperia mais ilustre de Ribeirão Preto, cidade tão simpática do interior de São Paulo. Frequentadíssima tanto pelos moradores da região como por um sem fim de visitantes, sua fama vem de sua tradição, suas “histórias”, seu cardápio, super bem montado e variado, recheado de petiscos incríveis, comidinhas de boteco e feijoadas MARA e, principalmente pelo seu chopp Antárctica, tão bem tirado, tão perfeito e tão absurdamente cremoso, que o transformou no mais conhecido do país e me dá água na boca só de pensar. Impossível falar de Ribeirão sem lembrar do Pinguim e vice versa. A casa é um verdadeiro cartão postal da cidade.

 

Chopeira do Bar Pingüim.

 

Sua história começou na década de 30, quando o Edifício Diederichsen estava sendo construído no coração de Ribeirão Preto. Antes mesmo da inauguração oficial deste marco arquitetônico da cidade, em 1937, um misto de bar com choperia abria suas portas no térreo do edifício em acabamento, sem grande alvoroço. Nascia naquele momento o Pinguim! 

 

rp017

 

Na década de 60, o Pinguim ampliou seus horizontes e passou a ser conhecido também no exterior. Nos anos 70 surgiu a primeira filial, localizada na esquina em frente, e nos anos 80 vieram mais duas choperias, o que firmou a casa também como restaurante e consolidou seu status como “embaixador” de Ribeirão Preto para o Brasil e o mundo. Depois vieram mais duas unidades e a filial de Belo Horizonte. Sortudos os mineiros, hein! Atualmente há 3 choperias em Ribeirão, além do empório, localizado onde era o Pinguim original, que comercializa produtos com marca própria.

 

pinguim-i

 

O prestígio fez com que “histórias” surgissem para explicar a qualidade do chopp servido lá. A mais pop é aquela que fala sobre uma serpentina gigante, uma super tubulação que ligava a fábrica da Antárctica à choperia, fazendo com que o chopp saísse diretos da fonte para o copo de quem estava no Pinguim. Não sei vocês, mas eu acreditei nessa lenda durante toda a minha vida e certamente ajudei a espalhá-la, kkkkk! Enfim, o importante é que o chopp é muito top e quem entende do assunto explica que isso está relacionado ao cuidado e à forma com que os garçons o tiram do barril. Até a lavagem dos copos é contolada, já que isso também interfere no sabor, vocês acreditam? A pressão das torneiras também é super regulada e os 400 metros de serpentina dentro das câmaras frias, monitorados, assim como o processo de reposição do gelo sobre os barris a toda hora. A carga do líquido que chega diariamente descansa por 1 dia antes de ser consumido – com a renovação constante o chopp não envelhece. Daí é só saber servir e cremar o chopp, e isso eles sabem, né. Know how é tudo na vida mesmo, e é justamente por isso que o Pinguim já está a mais de 70 anos fazendo sucesso, alimentando a memória e habitando o coração do povo. Um clássico cheio de qualidades, vale muito a pena conhecer!

 

cimg4773

 

Pinguim Centro – pé direito alto, cores aconchegantes, lustres personalizados e o piso xadrez em preto e branco são algumas das características da casa. Além disso, detalhes do salão reforçam ainda mais o ambiente da época em que o Pinguim foi inaugurado, como por exemplo o vitrô com elementos inspirados no trabalho do arquiteto Frank Lloyd Wright.
Rua General Osório, 389 – Telefone: 16 3610-8258

Pinguim Ribeirão Shopping – possui uma arquitetura rústica com algumas semelhanças à choperia do centro. O charme desta casa é o vitral de 2,5X4 metros com a reprodução da obra “A Fazenda” do artista espanhol Joan Miró. É o Pinguim mais movimentado de Ribeirão.
Av. Cel. Fernando Ferreira Leite, 1540 Loja 29 – Telefone: 16 3620-2919

Pingüim Santa Úrsula Shopping – é onde os amigos se reúnem para assistir futebol regado a chopp gelado. Combinação melhor não há. Feijoada e grelhados especiais fazem bastante sucesso.
Rua Sao Jose, 933  Lojas 22,23,24,25 – Telefone: 16 3625-1226

Postado por às 10:32

hot-spots category image
Comentar

O The Rock é um restaurante absolutamente deuso que fica encarapitado sobre uma pedra de 7 metros de altura no meio das águas transparentes do Oceano Indico, na ilha de Zanzibar, Tanzânia. Inacreditável.

 

The_Rock-18-1000x507

 

slide11

 

Ele funciona desde 2010 e é, obviamente, um dos ícones do lugar. Antiga casa de pescador, o ambiente foi totalmente reformado e decorado num estilo bem simples, inspirado no mood local. O restaurante é especializado em frutos do mar e serve até 12 mesas, e é desnecessário comentar que todas elas tem vista para o mar, né? O terraço panorâmico é perfeito para uma noite inesquecível sob o céu africano. 

 

22

 

DSC_23821-1000x507

 

O The Rock fica bem em frente à praia de Michanvi Pingwe, na costa sudeste da ilha e dá para chegar lá de barco ou até mesmo a pé, quando a maré está baixa.

 

The_Rock-1-e1386869024612

 

Demais, né? Isso que eu chamo de localização exclusiva! 

 

map

Postado por às 12:15

hot-spots category image
Comentar

Nessa sexta feira que vem aí, dia 18/04, começa a temporada de 2014 da Les Caves du Roy de St. Tropez, um dos hot spots mais emblemáticos do mundo há décadas. Estive lá pela primeira vez aos 18 anos (faz teeeempo, mas abafa o caso kkk), era louca para conhecer de tanto ouvir “os adultos” falarem do lugar, repeti a experiência muitas vezes e posso dizer que é tudo o que falam e mais um pouco. A casa é uma verdadeira joia da coroa de St. Tropez, disputadíssima, badaladíssima, um grande símbolo da noite mundial e acho que a mais famosa boite da França. Definitivamente atemporal.  

 

22-11

 

Fica dentro do também ultra badalado e renomadíssimo Hotel Byblos e sua entrada, anexa, tem uma door policy super severa e é cheia de seguranças imensos que garantem um ambiente livre de paparazzi. Pudera. As maiores celebs do mundo batem cartão por lá, e estamos falando aqui de gente do nipe de Mick Jagger, Naomi Campell, P. Diddy, George Clooney, David e Victoria Beckham, a galera da Formula 1, esse pessoal. Além de toda a high society habituée do verão europeu, claro.

 

217366_547295638645561_853529657_n

 

A ‘Caves’ é animadíssima, as noites por lá não têm hora para acabar e o clima é de festão mesmo, com música variada, o povo dançando sobre as mesas e muito, mas muito Champagne estourando a cada segundo. O club mantém a mesma aparência desde sua criação: colunas barrocas com brocado de ouro por sobre a área VIP que ostenta as notórias insígnias bordadas do Byblos e toques orientais. 

 

DSCF0196

 

O povo bonito que frequenta a ‘Caves’ dança a noite toda embalado pelo super divertido som do DJ Jack-E, que é bem conhecido dos brasileiros, já que a-do-ra dar um pinta por aqui. As suas “aberturas” de pista são sempre memoráveis. Les Caves du Roy é incomparável, nenhum lugar é tão badalado durante o verão europeu. E para eles, o agito começa agora!

 

july-29th-2010-les-caves

 

Quem estiver com viagem marcada para St. Tropez TEM que ir conhecer!

Postado por às 14:19

hot-spots category image
Comentar

O Main Lisbon é um club cosmopolita e trendy, que funciona no mesmo espaço que já abrigou a clássica boite Kapital, uma das mais badaladas discotecas de Lisboa. Seguindo seus passos no glamour, mas com tudo novo no que se refere à proposta e ao visual, o Main é moderno, futurista, veio para renovar a noite da Avenida 24 de Julho e conta com 3 áreas distintas que respondem aos interesses de vários públicos.  

 

O restaurante Main Air fica no segundo piso e aqui, o protagonismo divide-se entre a gastronomia japonesa e a magnífica vista sobre o Tejo. Carnes e saladas coabitam com a culinária oriental e o assunto neste espaço não se restringe à boa comida, tampouco o piano vermelho é meramente decorativo: há música ao vivo e o jazz e o soul recebem os frequentadores. 

 

main2

 

O Main Room corresponde ao primeiro andar e seu hall cheio de espelhos chama a atenção. É o ambiente club, influenciado pela dinâmica da house music e cujo destaque é a proximidade entre os DJs conhecidos e público, facilitada pela localização da cabine que cria uma envolvência intimista. O equipamento audiovisual hi-tech garante uma experiência de som e luz verdadeiramente inesquecível. 

 

Main-artigo

 

Conceitual e minimalista, o Main Zero é o espaço de música eletrônica, lugar para dançar de fato. Parece um bunker, sem pilares nem mesas. As paredes são pretas e o teto é iluminado apenas por um painel de leds com quadrados que vão mudando de cor. Tem dois bares. É o queridinho do público mais seletivo em relação ao que quer ouvir e o tech-house é o estilo musical predominante. A cabine do DJ fica no nível do público, mas as pessoas nem querem saber quem está lá dentro. Tudo o que importa é o som. 

 

Main-2

 

Av. 24 de Julho, 68.
Main Air: Ter–Sáb 20.00-03.00;
Main Room: Qui-Sáb 23.00-06.00;
Main Zero: Qui-Sáb, 00.00-06.00.

 

Postado por às 8:00

hot-spots category image
Comentar

Fontes ultra fidedignas me disseram que o Cirque Le Soir, no The Fairmont Hotel, é a melhor noite de Dubai, em todos os sentidos. Lugar bacana, animado, SUPER bem frequentado e bem diferente. Eu, que estou indo para lá logo depois do Carnaval, não vejo a hora de conhecer. Claro que vou contar tudo para vocês quando voltar, mas por enquanto, vamos adiantar o expediente, pois me falaram muito bem deste club e dica boa deve ser dividida, certo?

 

Cirque_du_Soir_Dubai_Aug9th-dragged.jpeg

 

Este Cirque Le Soir de Dubai é o primeiro que foi aberto fora do Reino Unido. Temos a mesma casa em Londres – a original – e em Shanghai. Inaugurou em 2011 e tem o dedo de Ryan Bish, lifestyle expert e responsável pelo conceito do Cirque da Inglaterra.

 

A casa foi projetada por Stephane Dupoux, mente criativa por trás do Buddha Bar de Nova York, da Cocoon, em Londres e Pearl, Ópio e Nikki Beach, em Miami. Pessoa que entende do assunto, né? É por essas e por outras que o Cirque Le Soir Dubai é uma boite sob medida para os amantes da festa no Oriente Médio. O tal conceito do Cirque de Londres foi adaptado para o mercado local mas não perdeu nada do brilho. A popularidade da casa só cresce em Dubai e os fãs do original adoram esta variação do tema.

 

The-Cirque-du-Soir-Dubai

 

Pela entradinha secreta do Cirque Le Soir passam muitas socialites e celebridades. Pode-se dizer que a lista “A” está sempre presente. A casa já ganhou alguns prêmios importantes, como “World Finest Club Award” e “”Best Club” e não é para menos: o que eles oferecem é bem ousado e realmente digno de aplausos.

 

16

 

O Cirque Le Soir tem uma incrível atmosfera de circo (claro, rs) e isso o torna basicamente incomparável a qualquer outra boite. As performances de alto nível, realizadas por um elenco completo de artistas, acontecem ali no meio de tudo, entre o vai e vem dos frequentadores. São equilibristas, anões, contorcionistas, dançarinos, malabaristas, percussionistas, bailarinos burlescos, engolidores de espadas, mágicos, cuspidores de fogo…inacreditável.

 

2013_24_rush_gallery

 

 

3

 

A música é eclética e comandada por DJs internacionais de primeira linha.

 

11

 

Quer dizer: é uma experiência de noite super nova, que estimula os sentidos e ultrapassa os limites do entretenimento. Isso sem contar nas festas que eles fazem pelo mundo afora, coisa que teve início em 2010, no Festival De Cannes e continuou com o aniversário de 10 anos do Nikki Beach de St. Tropez, GPs  em Abu Dhabi e Mônaco, Fashion Weeks em Milão e Paris, entre outras tantas. 

 

17

 

O pessoal do Cirque Le Soir diz: “If you don’t know don’t worry”. Eu não vejo a hora de ver isso de perto.

 

1

 

Fairmont Dubai

Sheikh Zayed Road – Dubai

Telefone: 056 115 4507

De segunda à sexta, das 10h30 ás 03h00

Postado por às 15:08

hot-spots category image
Comentar

Falar das casas Cavalli é sempre falar de luxo, glamour e qualidade excepcional, tudo isso com o estilo inconfundível de Roberto Cavalli. E em Miami não é diferente. O restaurante/lounge/club de South Beach é um sonho de lugar, frequentado por gente bonita da alta sociedade e muitas celebridades, claro. Um exemplar perfeito de badalação noturna sob o conceito Cavalli. 

 

__s1__gallery__DINING___MG_5410.jpg_W1400

 

Ali, a fusão entre o prazer da boa música, ótima comida e excelente companhia em ambiente sofisticado, traduz com perfeição a paixão  de Roberto Cavalli pela beleza, sensualidade e  hospitalidade, marcas que ele faz questão de imprimir ao seu trabalho, agora presente em Miami. 

 

__s1__gallery__DINING__image002.jpg_W1400

 

O exclusivo restaurante italiano fica no térreo e seu ambiente é intimista, onde o luxo e a inovação mesclam-se para criar uma atmosfera única. Cavalli faz questão de dizer que recebe os frequentadores da mesma forma com que dá as boas vindas à sua própria família e amigos próximos. Há a opção de jantar no terraço, bárbaro. Como o designer rotulou, aqui ele oferece “Fine Fashion Dining”. Gostei.

 

__s1__gallery__DINING___MG_3362.jpg_W1400

 

Serviço impecável e personalizado para cada ocasião e cliente, mis en place sofisticadíssima, receitas super selecionadas e rótulos com carimbo de excelência. A incrível seleção de receitas italianas tradicionais com uma baita influência toscana é mesclada com pratos bem inovadores e tudo isso é comandado pelo super emocional e competentíssimo chef Stefano Mazzi. Interessante.

 

__s1__gallery__DINING___MG_3370.jpg_W1400

 

De Trentino à Sicília, o rumo traçado da carta de vinhos é um Grand Tour pelas melhores vinícolas da Itália, mas sempre com a cumplicidade de algumas das mais destacadas labels francesas, claro. A adega é muito bem “equipada” e oferece, entre tantos rótulos o vinho tinto ‘Tenuta Degli Dei “, produzido na vinícola toscana de propriedade da família Cavalli e orgulho da casa. Dizem que a carta de vinhos do Cavalli Miami é ” Italian World Heritage”. A gente acredita e espera que assim permaneça, né?

 

__s1__gallery__DINING___MG_2661 - Copia.jpg_W1400

 

O lounge, no primeiro andar, é moderno e obviamente super glamuroso e disputadíssimo. Aqui, o agito é certo, toda noite. Não deixe de tomar algum dos esplêndidos cocktails preparados com a vodka Roberto Cavalli. Peça bebidas para o Lorenzo e se surpreenda! Os ingredientes são orgânicos e seu drink poderá ser preparado com ervas, chás, raízes ou essências, tudo super exclusivo e pensado para satisfazer os mais exigentes paladares. 

 

__s1__gallery__DINING___MG_2665 - Copia.jpg_W1400

 

É bom saber que o Just Cavalli, onde rola toda a badalação, tem uma door policy super rigorosa.

 

 

__s1__gallery__DINING___MG_2942.jpg_W1400

 

Cavalli Miami Restaurant & Lounge
150 Ocean Drive

Miami Beach, Florida 33139

 

Postado por às 8:00

hot-spots category image sem-categoria category image
Comentar

Como eu já contei para vocês, estive em Sibaúma na semana passada e claro que aproveitei para dar uma geral em Pipa. Uma das minhas grandes surpresas por lá, foi ter conhecido a Barraca Yahoo, que fica exatamente na Praia das Minas, entre Sibaúma e a Praia do Amor.

 

12

 

A Yahoo existe há 22 anos e foi fundada por um suíço que largou tudo e veio viver a vida no nordeste brasileiro. Esperto ele. Há 4 anos, quando ele passou desta para uma melhor, sua irmã veio para cá resolver o que seria feito da Yahoo e acabou escolhendo o Henrique, dono da bacanésima pousada Toca da Coruja, para ser o novo dono do lugar. 

 

4

 

O Henrique assumiu o comando mas manteve todas as características da Yahoo, que é super bem frequentada, super descolada e os estrangeiros adooooram. Claro, né, é só olhar as fotos para ver o nipe da Barraca. Uma lindeza. A questão é que em Pipa, comer bem é fácil. Mas um ambiente desses….faz toda a diferença. 

 

2

 

Eles servem uma variedade bem grande de petiscos – a maioria do mar, claro – e dentre as especialidades da cozinha, as estrelas são a moqueca de peixe e peixe com camarão. O bar também é super bem abastecido e oferece diversos drinks, espumantes e vinhos, que muitas vezes vem da adega da Toca da Coruja.

 

page

 

A Yahoo funciona diariamente das 9h30 às 17h00 e, vira e mexe, é possível até ouvir uma musiquinha ao vivo por lá.

 

7

 

Quem estiver pelas redondezas deve muito ir conhecer. Eu adorei!

 

10

Postado por às 17:12

hot-spots category image
Comentar

Esse é um dos lugares mais bacanas de South Beach, em Miami. É aquele tipo de restaurante perfeito para um jantar mais badalado ou apenas para tomar drinks e curtir a noite, coisa que eu acho super agradável de se fazer lá.

 

illaAzurRestaurant&LoungeBarPhoto1-PhotoCreditConstantin

 

O Villa Azur surgiu da parceria entre três figuras muito interessantes e super experientes em se falando de restaurantes, noite, estilo e carisma: o “rei da noite” de Miami, Michael Martin, o expert em bares e restaurantes, Jean Philippe Bernard, e o ator francês Olivier Martinez, que entrou como o cara que gosta muito disso tudo, sabe identificar exatamente o que faz a diferença e transforma lugares comuns em points descolados. Juntos, eles atingiram a excelência em todos os níveis relacionados a seu restaurante e o Villa Azur se tornou esta casa fantástica. Seu serviço é impecável, a comida deliciosa, o ambiente, aconchegante e o grande diferencial é que lá você tem um programa super completo para curtir a noite em South Beach, o melhor dos jantares com balada.

 

110524_6106_primary

 

A decoração é um dos pontos que chama a atenção pois mistura estilos de forma harmoniosa, dando ao lugar uma pinta bem elegante. Muita madeira, lustres antigos, um toque inglês e peças contemporâneas em sintonia criam um contraste super bacanudo. O restaurante acolhe gente do mundo todo, que faz questão de pelo menos um pit-stop por lá em sua passagem por Miami.

 

orig

 

 

Seu menu gourmet é um mix de comida francesa e mediterrânea, com um toque italiano e a adega do Villa Azur, La Cave D’Azur, é completíssima. Depois do jantar, pode começar a se animar, pois a noite segue adiante animada por algum top DJ até de madrugada.

 

12VillaAzur006-copie

 

Como estive em Miami há pouco tempo, posso dizer que, atualmente, a “noite boa” do Villa Azur é sempre às quintas-feiras. Mas vale a pena conhecer em qualquer ocasião pois é demais!

 

villa-azur

Postado por às 8:00

hot-spots category image
Comentar

Olha, quem é descolado mesmo e frequenta o sul da Bahia no verão, sem dúvida nenhuma conhece muito bem o Bar da Praia. Falei sobre Caraíva recentemente aqui no blog e claro que cheguei a citar o Bar, mas não dava para não fazer um post exclusivo sobre o lugar, e digo mais: eu poderia falar do Bar em #Gastronomia, pois o restaurante deles é fantástico, sofisticado e com um ponto de tempero baiano tão certo e suave, que nunca vi igual na vida; e também em #Hotéis, já que na propriedade também funciona uma das melhores pousadas de Caraíva. Mas como hoje to tema é #Hot-Spots, vamos focar na badalação, que tem de sobra por lá, diariamente. Isso sem falar na festa de Réveillon glamurosíssima que acontece todo ano no Bar e chega a reunir quase mil pessoas que dançam até o sol estar a pino, pois balada de alta qualidade como esta, por ali não há. 

 

Imagem da Festa de Réveillon

Imagem da Festa de Réveillon

 

Imaginem uma construção bem rústica, toda em madeira, com muito sapé, treliças e objetos de decoração super típicos, um gramado imenso cheio de coqueiros, espreguiçadeiras, mesas esculpidas, cadeiras de praia estilosas, camas e tendas com esteiras de palha na areia, tudo isso emoldurado pela belíssima praia de Caraíva, cuja areia está a exatos 3 passos do balcão principal. Começamos bem, certo?

 

1185581_211189809040297_1849044060_n

Vista do Bar para a praia. Esta água mais escura é o Rio Caraíva vazando para o oceano
Foto de Fábio Araújo

 

Acontece que além de tudo isso, o Bar da Praia também é O point para curtir o dia em Caraíva. Tanto que muitas pessoas saem do Espelho, Corumbau ou Trancoso especialmente para pegar praia lá. É cheio de gente bonita e bacanuda, tem seleção musical de primeira linha – bem, basta dizer que os DJs Nuts e Zé Gonzales são amigos e habituées da casa, então vejam o nível da consultoria -, que anima o ambiente até o anoitecer e, vira e mexe, é fácil encontrar uma turminha de Globais dando pinta. Marcos Palmeira e Marcelo Faria adoram. Ano passado, Helena Ranaldi passou o verão todo lá e no começo de janeiro, a super top/angel Candice Swanepoel foi conferir o que é que o Bar da Praia tem. Ela gostou tanto que pediu camisetas e copos estampados com a marca do Bar de lembrança para os donos, o casal Fabio Araújo e Claudia Freitas.

 

a praia em frente, com as tendas

a praia em frente, com as tendas

 

Importante dizer que a presença constante do Fabinho e da Claudinha, como são carinhosamente chamados por todos, no Bar, faz toda a diferença. Eles monitoram de perto o enorme movimento e ainda são umas graças. Batem papo e tomam drinks com o clientes, que conhecem pelos nomes e de quem invariavelmente viram amigos, enquanto controlam todo o andamento do Bar. Recepção super VIP. 

 

Olha a Candice e a Claudinha, gente

Olha a Claudinha e a Candice, gente

 

O dia começa cedo por lá e a partir das 10h00 você já pode garantir o seu lugar. Na alta temporada fica lo-ta-do, quem vai num dia volta enquanto estiver na cidade, então é bom chegar antes do meio dia ou pedir uma reserva. Como já comentei, dá para escolher entre tendas, camas, espreguiçadeiras ou mesas. Daí é só relaxar e entrar no clima. Se quiser, dá até para fazer uma massagem no lindo gramado. O atendimento da equipe é super carinhoso e o menu é irretocável, recheado de petiscos maravilhosos, gourmets mesmo, que só eles têm e drinks preparados com perfeição. O Bloody Mary é dos deuses e há também opções super diferentes e deliciosas, como a que leva cupuaçu, banana e vodka. 

 

993956_203789483113663_742344223_n

 

O agito vai até o pôr do sol e se a lua estiver cheia é dali mesmo que você deve vê-la nascer no mar, linda e laranja, uma coisa de louco. 

 

Lua nascendo em frente ao Bar da Praia. Em uma palavra: luxo. Foto de Gabriela Scarcelli

Lua nascendo em frente ao Bar da Praia. Em uma palavra: luxo.
Foto de Gabriela Scarcelli

 

O Bar da Praia, ao contrário de muitos hot-spots de verão, funciona o ano todo, mas é na alta temporada mesmo que a festa corre solta. Ainda dá tempo, hein?

 

O Bar, visto da praia

O Bar, visto da praia

 

 

Postado por às 16:43

hot-spots category image
Comentar

O Baretto, bar do Hotel Fasano é, desde que abriu as portas, um dos endereços mais exclusivos de São Paulo. Sua entrada é bem discreta, por uma pequena porta à esquerda do lobby do hotel e lá dentro são apenas 64 lugares. O ambiente é bem sofisticado, todo de madeira, com sofás e poltronas de couro, um piano de cauda bem no meio do salão, iluminação baixa e música ao vivo de primeira, apresentado nomes de calibre mundial, em shows super intimistas, quase que apresentações particulares.

 

 

Por ali já passou gente como Bebel Gilberto, Caetano Veloso, Edu Lobo e Ney Matogrosso, apenas para citar alguns. É demais. Fora que, vira e mexe, algum artista renomado que está por lá apenas curtindo a noite, junta-se aos músicos residentes e dá uma canja inesperada. 

 

baretto

 

A banda toca até altas horas e ficar ali, jogando conversa fora, ouvindo o espetacular pianista e degustando os drinks e tira gostos do bar comandado pelo Valter Bolinha é um dos melhores programas de São Paulo. E não se enganem: apesar de ser sim um piano bar, as noites do Baretto são disputadíssimas e incrivelmente animadas. 

 

É a combinação perfeita entre boa música, ambiente acolhedor e o pedigree Fasano, sobre o qual eu não me canso de falar.

 

 

Adoro. É a cara de São Paulo.

Postado por às 8:20

hot-spots category image
Comentar
© 2017, Silvana Bertolucci. Todos os direitos reservados.
desenvolvimento: Absoluto Web