Todo mundo sabe que o Eataly foi inaugurado aqui em São Paulo recentemente. E todos os blogs já falaram sobre isso, mas a questão é que eu sabia que minhas raízes italianas me sugariam para lá, então estava esperando fazer uma visita para falar sobre o lugar. Não fui antes porque a) passei 40 dias viajando e me perdi no tempo e no espaço, normal, sempre acontece; b)estava um tanto impraticável já que São Paulo inteira andava se engalfinhando na porta do Eataly e eu queria ir com mais calma para poder ver todos os detalhes, fuçar, perguntar, provar, enfim: ter uma experiência bacana para contar a vocês.

 

events-18b

 

Enfim. Fui. Ufa. 

 

about9

 

about8

 

A loja de São Paulo é a primeira na América Latina e oferece 4500 m2 de pura cultura italiana. Sim, gente, comida é um dos pilares da cultura de uma nação e, levando em consideração a quantidade de italianos e descendentes que vivem por aqui, achei que eles arrasaram na escolha da cidade. A história do Eataly como loja começou em Turim, Itália, no ano de 2007. De lá para cá, o número de lojas subiu para 29, sendo que são 15 na Itália, 9 no Japão, 2 nos Estados Unidos, 1 em Dubai, 1 em Istambul e a nossa aqui de São Paulo. Já conhecia a loja de Nova York e sempre torci tanto para que eles chegassem por aqui….agora é só alegria.

 

about7

 

 

eatalyp1070473

 

Achei a disposição do espaço da loja de São Paulo bárbara, perfeita para nos “obrigar” a conhecer todos os setores. A questão é que o Eataly é um excelente lugar para se fazer compras at all. Além de oferecer todos os alimentos italianos de qualidade em um só espaço, lá, além de comprar, você também pode comer e aprender, já que, junto com o mercado ainda temos um lugar dedicado a workshops e eventos, onde acontecem degustações, cursos de cozinha e até oficinas infantis, e 19 pontos de alimentação, sendo 7 restaurantes temáticos e balcões como o da Nutella, por exemplo. Mas alto lá: eles também valorizam e dão destaque aos melhores produtos brasileiros, viu? Encontrei muita coisa nossa por lá, como os incríveis e carioquíssimos Biscoitos Globo, entre tantos outros produtinhos top. A regra é uma só: promover a comida de alta qualidade e bater na tecla de que TODOS tem que ter acesso a isso. 

 

saopaulo7

 

about6

 

39654786456538404836_P1070777

 

Gente, comer bem é essencial e quando digo “comer bem” não estou falando “comer coisas caras”, ok? Comer bem é se alimentar de produtos bem cultivados, bem manuseados, saudáveis. O Eataly serve muita qualidade, entendem? Um tipo de qualidade que, de fato, melhora a vida das pessoas. A variedade é muito grande, já que são mais de 7 mil itens diversos que vão desde água, bebidas, vinhos, sucos, pães, massas, doces, frutas, condimentos, molhos, complementos, carnes, queijos e tudo o que há em um mercado, até os produtos mais sofisticados. Incrível observar tudo o que há nas prateleiras. O tipo de programa que enriquece paladar e conhecimento. 

 

about3

 

39654786456538404836_P1070777

 

Eu fui só ao mercado, pois tinha acabado de chegar de viagem e estava louca para conhecer. Comprei alguns pães, um azeite, alguns tomates e só. Mas como eu já disse, o espaço conta com todos os restaurantes e balcões, onde é possível encontrar, carnes, peixes, ostras, pasta, a famosa pizza estilo napolitana do Eataly, doces e sorvetes inacreditáveis, sucos naturais, as trufas de chocolate da Venchi, que foi fundada no Piemonte em 1878, bebidas expressas e cafés perfeitos, então eu estou mesmo é louca para ir almoçar e jantar por lá. Quero muito provar tudo e ainda não sei se começo pela pizza ou pelo Brace, que faz grelhados sem igual. 

 

events-3b

 

 

spnut1

 

Indico muito a visita! O Eataly fica na Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 1489 e o mercado funciona das 8h às 23h. Quanto aos restaurantes, segue uma listinha: 

 

La Piazza – fica no térreo e é bacana para petiscos ou um almocinho mais informal, porém delicioso. Reúne os balcões La Mozzarella (que serve mozzarella fresca feita diariamente0, i Salumi & i Formaggi (queijos e embutidos fatiados na hora), Il Fritto (friturinhas gostosas elaboradas a partir de ingredientes frescos) e Vino Libero, servindo vinhos, claro.  Funciona de segunda a quinta, das 11h30 às 23h, sexta das 11h30 às 24h, sábado das 12h às 24h e domingo das 12h às 23h.

 

events-8b

 

La Pasta – este balcão oferece uma enorme variedade de pratos feitos com massas secas e frescas, feitas artesanalmente, na frente dos clientes. Funciona de segunda a quinta das 11h30 às 15h/18h30 às 23h, sexta das 11h30 às 15h/18h30 às 24h, sábado das 12h às 24h e domingo das 12h às 23h

 

about2

 

Brace Bar & Griglia – serve legumes, verduras, frutos do mar, carne e frutas grelhados. Funciona de segunda a quinta das 12h às 15h / 19h às 23h , sexta das 12h às 15h / 19h às 24h , sábado das 12h às 16h / 19h às 24h e domingo das 12h às 16h / 19h às 23h.

 

saopaulo4

 

La Pizza – onde os pizzaiolos da Rossopomodoro preparam as autênticas pizzas em estilo napolitano bem na nossa frente. Delicia vezes mil. Funciona de segunda a quinta, das 11h30 às 23h, sexta das 11h30 às 24h, sábado das 12h às 24h e domingo das 12h às 23h.

 

events-17b

 

La Carne – almoço e jantar deliciosos para os carnívoros com ingredientes saídos do próprio açougue. Funciona de segunda a quinta das 11h30 às 15h/18h30 às 23h, sexta das 11h30 às 15h/18h30 às 24h, sábado das 12h às 24h e domingo das 12h às 23h.

 

events-15b

 

Il Pesce – restaurante de peixes e frutos do mar, com um cardápio que vai de aperitivos a pratos principais. Como os pescados frescos mudam diariamente, o prato do dia é sempre diferente! Todos os peixes vêm direto da peixaria do mercado. Funciona de segunda a quinta das 11h30 às 15h/18h30 às 23h, sexta das 11h30 às 15h/18h30 às 24h, sábado das 12h às 24h e domingo das 12h às 23h.

 

Il Crudo – fica junto à peixaria e ao Il Pesce e oferece uma variedade de pratos de peixes crus e ostras. Funciona nos mesmo horários do Il Pesce. 

 

events-16b



Le Verdure – restaurante italiano vegetariano, usa vegetais sazonais e oferece sopas especiais, bruschettas e pratos saudáveis para satisfazer qualquer paladar. Delícia. Funciona de segunda a quinta das 11h30 às 15h/18h30 às 23h, sexta das 11h30 às 15h/18h30 às 24h, sábado das 12h às 24h e domingo das 12h às 23h.

 

O balcão da Nutella dispensa apresentações e serve delícias como muffins e crepes à base desta maravilha. Socorro. Funciona de domingo a quinta das 10h às 23h e sexta e sábados das 10h às 24h. 

 

events-6b

 

Il Panino di Eataly – este balcão oferece autênticos paninis italianos deliciosos. Funciona  de domingo a quinta das 10h às 23h e sexta e sábados das 10h às 24h. 

 

Caffè Vergnano – este balcão fica no 1º andar e foi inspirado em uma cafeteria tradicional italiana. Serve espressos e machiatos perfeitamente preparados all’italiana. Funciona  de domingo a quinta das 10h às 23h e sexta e sábados das 10h às 24h. 

 

events-19b



Lavazza – oferece um vasto repertório de bebidas expressas e cafés de alta qualidade. Também produz uma variedade de receitas inovadoras e originais, todas preparadas por uma experiente equipe que se orgulha de oferecer produtos excepcionais e serviços do tradicional jeito italiano, colocando paixão em cada xícara. Funciona de domingo a quinta das 8h às 23h e sexta e sábado das 8h às 24h.

 

La Pasticceria Di Luca Montersinon – serve desde tradicionais bolos de chocolate à refinados doces da pasticceria italiana, mas todos elaborados com a preocupação de se produzir alimentos saudáveis. E deliciosos! Funciona de domingo a quinta das 8h às 23h e sexta e sábado das 8h às 24h.

 

events-4b

 

Il Cioccollato – bacão que serve trufas e chocolates. Dá para montar caixas personalizadas, perfeitas para presentear. Funciona de domingo a quinta das 8h às 23h e sexta e sábado das 8h às 24h.

 

events-5b

 

Bar della Frutta – oferece uma seleção de frutas frescas vindas diretamente do hortifruti para você criar o seu suco feito na hora. Funciona de domingo a quinta das 8h às 23h e sexta e sábado das 8h às 24h.

 

events-7b

Postado por às 17:47

gastronomia category image
Comentar

Villas Deluxe

Villas Deluxe

 

Dentre os tantos excelentes hotéis onde me hospedei durante a “Missão:Indochina”, o Six Senses Con Dao foi um dos que mais me surpreendeu, em todos os sentidos. A localização, numa praia privativa; a arquitetura e decoração, super leve, moderna, praiana, com um quê rústico, chiquérrima; a disposição das Villas e Suites, que garantem privacidade máxima a todos os hóspedes, independente da categoria de acomodação em que você esteja hospedado; as vistas, a comida e, principalmente, lá no topo da lista, o serviço DEUSO, irretocável.

 

 

Vista da suite

Vista da suite

 

Eu, que rodo o mundo e tenho sempre a oportunidade de ficar em hotéis bárbaros, poderia já estar calejada em relação a este detalhe de bons serviços, já que a maioria dos 5 estrelas e hotéis boutique conceituados prestam, de fato, um atendimento de cair o queixo, mas o Six Senses Con Dao conseguiu realmente me chamar atenção neste quesito. Para vocês terem uma ideia, a Mafê, que me acompanhou nesta viagem, acordou com dor nas costas após nossa primeira noite lá. Motivo: ela dorme em TÁBUAS, é maluca, e achou a cama do hotel um pouco mole para seus padrões faquir. Pois bem. A pessoa acordou com a tal dor e, assim que nossa butler a encontrou, percebeu, pela linguagem corporal da Mafê, que algo estava errado com a cama (que não tem nada de errado, gente. É maravilhosa. Como disse, a Mafê é doida e dorme no cimento). Mas não deu 3 minutos e já tinha um cara dentro do quarto, instalando uma estrutura no colchão que solucionou o problema imediatamente. A Mafê dormiu bem e não teve mais dores. Quer dizer: a responsável pela situação resolveu tudo sem nem mesmo ter recebido uma reclamação, perceberam? Fiquei chocada. Diante deste exemplo, imaginem como é o padrão de serviços no geral. Um espetáculo.

 

Que tal essa banheira?

Que tal essa banheira?

 

Cineminha ao ar livre

Cineminha ao ar livre

 

O acesso a partir de Ho Chi Minh é super fácil. São apenas 45 minutos de voo, mais um transfer de 5 minutos até o hotel. E chegando lá, queridos, a vida é só alegria. O clima é de sossego e relaxamento total. A praia completamente vazia em frente, muito verde ao redor e uma área bem ampla, por onde transitávamos de bike. Todas as Villas e Suites são frente mar, tem piscinas privativas, e podem ter de 1 a 4 quartos. Deslumbrantes. Uma delas já hospedou Brad Pitt e Angelina Jolie e é claro que eu fui lá conferir, né? Podemos dizer que o casal tem, hã, um ótimo gosto. 

 

Villa de 3 quartos

Villa de 3 quartos

 

Master bedroom da villa de 3 quartos

Master bedroom da villa de 3 quartos

 

Eu peguei justamente a época da desova das tartarugas na praia, que vai de maio a outubro. O Six Senses monitora toda essa atividade e,com sorte, os hóspedes conseguem assistir à eclosão dos ovinhos e à corrida das tartaruguinhas rumo ao mar. Imagina? Mãe natureza e seus shows, né gente? Para quem curte mergulho, a época certa está entre fevereiro e julho, quando as águas ficam claríssimas, com visibilidade média entre 20 e 30 metros. Nada mais MARA do que nadar entre os corais e avistar pequenos tubarões, raias, tartarugas e uma infinidade de peixes tropicais do recife.

 

São 1,6 km de praia privativa!

São 1,6 km de praia privativa!

 

975x660_08_green_turtle3

 

Deck sobre a praia

Deck sobre a praia

 

O comprometimento na preservação do meio ambiente e sustentabilidade fez com que o Six Senses Con Dao fosse reconhecido pela National Geographic Traveler  como um dos melhores lodges ecológicos do mundo. Merece, né? 

 

By night.

By night.

 

É assim que nos locomovíamos lá

É assim que nos locomovíamos lá

 

Piscina principal

Piscina principal

 

Piscininha privativa

Piscininha privativa

 

Seu Spa é super completo, é todo cercado por jardins tropicais e tem uma vista incrível para as montanhas Lo Voi.

 

O Spa

O Spa

 

Área externa do Spa

Área externa do Spa

 

Uma das salas de tratamento do Spa

Uma das salas de tratamento do Spa

 

Outro ponto que merece muito destaque é a gastronomia, maravilhosa. O By The Beach Restaurant é um all day dining com vista para o mar que serve uma comida vietnamita com toque francês. Delícia, os pratos ficam bem suaves. jantar aqui com a lua sobre o mar é algo. Para provar uma cozinha autenticamente vietnamita, há o Vietnamese By The Market, comandado pela Miss Lan que utiliza receitas passadas de avó para mãe e de mãe para filha. Uma loucura. Também temos uma delicatessen tradicional mediterrânea, a Deli’Cious By The Market, que serve lanchinhos, tapas e vinhos o dia todo, e o Elephant Bar, que serve cocktails, mocktails (drinks sem álcool mas com a mesma produção dos tradicionais) e comidinhas. Tudo delicioso. 

 

Restaurant By The Beach

Restaurant By The Beach

 

Restaurant By The Beach

Restaurant By The Beach

 

Restaurant By The Beach

Restaurant By The Beach

 

Deliciosa cozinha vietnamita

Deliciosa cozinha vietnamita

 

Vietnamese By The Market, o restaurante de cozinha tradicional

Vietnamese By The Market, o restaurante de cozinha tradicional

 

Mais uma do Vietnamese By The Market

Mais uma do Vietnamese By The Market

 

Drinks no bar

Drinks no bar

 

Bar By The Market

Bar By The Market

 

Para ocasiões especias – como se apenas o fato de estar em Con Dao já não configurasse uma ocasião pra lá de especial – o pessoal do hotel organiza jantares, churrascos ou pic nics inesquecíveis na praia deserta, na sua vila, ou onde quer que sua imaginação vá. O máximo. Coisas de atendimento caprichoso e excelente. 

 

975x660_09_wine_pairing_dinner_at_chefgaì^oì's_table

 

Jantar especial na Adega

Jantar especial na Adega

 

Este hotel foi, sem dúvida, uma das jóias da minha viagem. Recomendo de olhos fechados e assim que surgir a oportunidade, estarei de volta por lá. 

 

Dando minha corridinha infalível na praia

Dando minha corridinha infalível na praia

 

Até logo, Con Dao!

Até logo, Con Dao!

 

Postado por às 18:11

hoteis category image
Comentar

Oi gente! Estou sumidíssima pois desde que saí do Brasil já se foram quase 40 dias e esta segunda etapa da minha viagem, pela Indochina, está sendo tão ou mais intensa do que a passagem pela Islândia. Tudo aqui é muito bonito, muito antigo, muito complexo ou tem uma importância histórica muito grande. Na maioria dos casos é tudo isso junto, kkkk. E a viagem foi intensa tanto em se falando da experiência, absolutamente bárbara, como de compromissos, já que tive a oportunidade de conhecer diversos hotéis e fazer quase todos os passeios disponíveis em cada cidade por onde passei. Mas gente, vocês não têm ideia de como é importante para mim conhecer cada passo de um roteiro e como me considero privilegiada por participar de eventos profissionais deste nível. Como me faz feliz conseguir transferir cada conhecimento adquirido nessas minhas viagens de trabalho para alguém que coloca em minhas mãos um sonho. Fazer viagens é realizar sonhos e eu simplesmente amo participar de cada detalhe da elaboração de um roteiro. Volto para casa e para o trabalho em São Paulo carregada de novidades!

 

Bom, já estou no final dessa minha aventura. Hoje embarco para a Tailândia novamente e semana que vem devo estar no Brasil, mas hoje tive um tempo livre e resolvi fazer um resuminho do meu roteiro para vocês ficarem por dentro de tudo. Depois vou fazer um post sobre cada cidade, cada hotel, cada atração, mas só vou ter tempo para isso na volta mesmo, então vamos aos highlights:

 

Chegando em Bangkok. Juro que nem sei mais quantos voos foram. 15? 16?

Chegando em Bangkok. Juro que nem sei mais quantos voos foram. 15? 16? Enfim, amo essa vida.

 

Tudo começou quando saí de Londres e fui para Bangkok, onde me hospedei no maravilhoso Mandarin Oriental, sempre irretocável. A cidade é grande, é cosmopolita, tem vida noturna agitada, ótimos restaurantes e um skyline de respeito. A coisa mais fofa do mundo é o mercado flutuante, que começou a funcionar em 1960, quando as mulheres saíam de casa com mantimentos para serem trocados entre elas mesmas. A atividade despertou a curiosidade dos turistas e a partir dos anos 80 se instaurou a venda de artesanato no local. É super típico de lá, vale muito a pena conhecer. 

 

Mandarin Oriental Bangkok

Mandarin Oriental Bangkok

 

Mercado flutuante em Bangkok

Mercado flutuante em Bangkok

 

De Bangkok fui para Luang Prabang, no Laos. Me hospedei no incrível Amantaka, hotel que, como todo bom Aman, preza pela tranquilidade, extremo bom gosto e muito conforto. Seu edifício foi construído em 1920 para ser um hospital, mas depois virou hotel. Porém, como em Luang Prabang NADA pode ser modificado, já que a cidade é patrimônio mundial pela UNESCO, ele ficou com fama de mal assombrado e é considerado um dos top 5 nessa categoria, kkkk. Tem nada de assombrado, gente! É um luxo só, como todos os hotéis da rede Aman, kkkk. Amo. Poderia morar neles. Daí, vocês não sabem, mas eu tive a honra de receber uma bênção especial da família real do Laos! Sério, estou emocionada até agora. Foi durante a cerimônia Baci, que aconteceu no Amantaka, quando o Principe Nithakhong Somsanith ensina exclusivamente aos hóspedes do Aman a milenar historia e tradição de sua rica cultura. Foi demais. 

 

Com o Príncipe e a princesa do Laos. Sem palavras, gente.

Com o Príncipe e a princesa do Laos. Sem palavras, gente.

 

 

Laos

Laos

 

Amantaka

Amantaka

 

Hotel mal Assombrado, buuuuuuu! Muito amor pelo Amantaka e pelo Laos.

Hotel mal Assombrado, buuuuuuu! Muito amor pelo Amantaka e pelo Laos.

 

Ainda em Luang Prabang, visitei a cachoeira Kuang Si, apenas um espetáculo. 

 

Cachoeira Kuang Si em Luang Prabang

Cachoeira Kuang Si em Luang Prabang

 

A próxima parada foi Hanoi, a capital do Vietnam, onde me hospedei no Hotel Metrópole, super tradicional, uma espécie de Copacabana Palace de Hanoi. Adorei. A cidade é bem bacana também, agitadíssima e vocês nem imaginam a quantidade de motoquinhas pilotadas por loucos que há pelas ruas, kkkk. Achei uma ZONA, e olha que eu já fui para Delhi, hein! Saibam que nessa época do ano o calor por lá é muito forte, mas nada que roupas frescas não resolvam. A questão é que a cidade é bem interessante e vale ser vista. De Hanoi fui para Halong Bay, Patrimônio natural da Humanidade e da UNESCO, com suas águas cor de esmeralda, grutas, e suas quase 2 mil ilhotas que OLHA: encantam qualquer turista. Passeei de barquinho por lá e fiquei maravilhada, viu?

 

Hotel Metropole em Hanoi

Hotel Metropole em Hanoi

 

Halong Bay

Halong Bay

 

Então, partimos para Ho Chi Minh, a antiga Saigon. A história da cidade é marcada pelas tantas mudanças que sofreu desde sua fundação (já pertenceu a Vietnam, já foi colônia francesa, etc) e hoje é um destino moderno cheinho de entretenimento para a gente. Mas é impossível esquecer o passado de guerra e a gente vê muitas lembranças dessa fase em pontos turísticos, nos hotéis e até pelas ruas. É muito recente, é “a guerra da minha geração”, não dá para não ficar tocado. Visitei os túneis de CuChi, que têm mais de 250 km e ficam a 1 horinha de Ho Chi Minh. Neste lugar a gente vê exatamente como os vietnamitas se escondiam para sobreviver. Incrível. 

 

Os túneis Cu Chi

Os túneis Cu Chi

 

Daí, meus queridos, fomos para o DESLUMBRANTE hotel Six Senses, em Con Dao, e o que dizer sobre o lugar? Perfeito? Sim. Um sonho? Super sim. Tudo na vida? Exato. É um bom gosto generalizado nessa construção rústica à beira mar que fica até difícil descrever. A praia é deserta, a água é de uma temperatura maravilhosa e vocês nem imaginam como tudo isso é tão perfeito para uma Lua de Mel. Além dos quartos, o Six Senses também disponibiliza villas de 4 quartos para aluguel. Sabe quem já ficou numa delas? Angelina & Brad! Tá boa? 

 

Six Senses, que maravilha

Six Senses, que maravilha

 

Segui para o Camboja e, mais uma vez, fui brindada com uma hospedagem num Aman, o Amansara, em Siem Reap. Lindo, MARA, tudo. Aman é Aman, não me canso de repetir. A questão é que caí de amores imediatamente pelo Camboja e isso porque ainda não tinha nem visitado Angkor, imaginem. Caí dura, é escandalosamente maravilhoso. Um dos templos que merece destaque, além de Angkor Wat, é o Ta Prohm, famosérrimo por sua “participação” no filme Tomb Raider (olha a Angelina me perseguindo, gente). Depois venho com mais detalhes sobre Angkor. Uma loucura. 

 

Amansara, Siem Reap, Camboja. Nada mal, hein?

Amansara, Siem Reap, Camboja. Nada mal, hein?

 

Quarto deuso do Amansara

Quarto deuso do Amansara

 

Ta Prohm, Angkor, Camboja. Alá a árvore da Lara Croft!

Ta Prohm, Angkor, Camboja. Alá a árvore da Lara Croft!

 

Angkor Wat Temple

Angkor Wat Temple

 

Agora tenho que sair correndo pois ainda tenho uma série de compromissos antes de embarcar para Koh Kood Island, onde está um dos hotéis mais absurdos do mundo, o Soneva Kiri. Depois conto tudinho! Beijos!

Postado por às 18:00

destinos category image
Comentar

IMG_8814

 

Minha passagem pela Islândia foi, em uma palavra, mas em todos os sentidos, intensa. Foram 5 dias desbravando a terra do gelo na companhia de um grupo maravilhoso. Trabalhei muito e me diverti horrores! Os profissionais que viabilizaram esta experiência e nos receberam por lá, trabalharam de forma tão gentil e impecável, que me encheram de orgulho, viu, gente? É muito bom ver de perto tanta competência vinda dos nossos parceiros de profissão. Dá gosto saber que vou oferecer uma viagem deste nível para os meus clientes! Aplausos para o pessoal da Nordic Luxury e da TL Portfólio. Vocês arrasaram.

 

IMG_8924

 

Sério. Não é exagero nenhum dizer que esta foi uma das melhores viagens da minha vida. Como eu já disse, foi tudo muito intenso e eu acabei mal e mal me conectando. Consegui fazer bastante Snaps – segue lá, povo: silbertolucci – mas não paramos nenhum segundo, ou seja: tenho muito material e muitas fotos para posts, mas vamos ter que esperar um pouquinho mais, pois emendei a viagem à Islândia com minha vinda para a Indochina e hoje estou em Bangkok escrevendo este post pois recebi um vídeo MARA que a Nordic Luxury postou no Youtube e mostra super bem como foram nossos dias lá na Islândia. Vejam só: 

 

 

 

Cada minuto de tudo isso valeu muito a pena. Pensem num país extremamente rico de beleza natural (fique chocada, juro), onde cada paisagem é uma contemplação que vem sempre acompanhada daquele sentimento incrédulo sobre a existência de lugares como este no mundo. Só tenho a agradecer por ter participado desta experiência única. Que privilégio! Logo mais – assim que tiver tempo – volto com updates da saga Iceland-Indochina.

 

Beijos! 

Postado por às 16:16

destinos category image
Comentar

Quando uma viagem à China está sendo planejada, é normal que Shanghai e Beijing apareçam como os destinos mais procurados. Isso acontece justamente por serem os lugares mais conhecidos, com os quais os brasileiros estão mais familiarizados, e também pela sua estrutura turística, já que é meio normal marinheiros de primeira viagem à Ásia terem certos receios em relação ao que vão encontrar por lá, e por isso preferem não arriscar muito em se tratando de lugares desconhecidos. 

 

Parem com isso, gente. Sério. Não deixem de aproveitar as coisas lindas que há por lá simplesmente porque este país ainda nos soa distante demais. Hoje a Lívia veio para falar sobre a China que oferece lugares incríveis, com cenários magníficos e estrutura para agradar até os viajantes mais exigentes. Oba. 

 

Bem pertinho de Shanghai, existem 2 cidades muito charmosas: Hangzhou e Suzhou, a primeira a 45 minutos, e a segunda a apenas meia horinha de lá. O acesso a ambas é possível via trem bala, que viaja a 350km/h, e isso torna viáveis estadias curtinhas, de 1 ou 2 dias, tempo suficiente para conhecê-las. Bárbaro.

 

Hangzhou tem mais de 6,4 milhões de habitantes – o equivalente a população da Cidade do Rio de Janeiro – e é super famosa pela sua beleza natural, principalmente ao redor do Lago Oeste – que em 2011 passou a ser Patrimônio Mundial da Unesco – além de suas pagodas e templos. A Lívia acha esta uma das cidades mais bonitas e interessantes da China, então anotem aí “conhecer Hangzhou”, pois se tem alguém aqui que sabe tudo de China, esta pessoa é a Lívia gente.  

 

lago oeste1

 

Lago Oeste - Se voce for pernoitar  em Hangzhou, vale a pena assistir ao espetáculo que é feito sobre o lago (atenção: apenas no verão). A impressão é que que os atores estão flutuando sobre a agua.Lindíssimo, com musicas típicas e diversos efeitos visuais

Lago Oeste – Se voce for pernoitar em Hangzhou, vale a pena assistir ao espetáculo que é feito sobre o lago (atenção: apenas no verão). A impressão é que que os atores estão flutuando sobre a agua.Lindíssimo, com musicas típicas e diversos efeitos visuais

Templo de Lingyin

 

 

Templo de Lingyin - Estas estatuas de pedras budistas estão esculpidas nas falésias do “Lingyin Temple”, o qual é um templo budista em atividade e um dos 3 templos mais famosos e antigos da China.

Templo de Lingyin – Estas estatuas de pedras budistas estão esculpidas nas falésias do “Lingyin Temple”, o qual é um templo budista em atividade e um dos 3 templos mais famosos e antigos da China.

 

Leifeng Pagoda

 

Leifeng Pagoda - Originalmente construída no ano 977, tudo o que resta da pagoda original é o alicerce em ruínas. Não há muito para ver dentro da própria pagoda, que foi recentemente reconstruída em 2000. No entanto, a vista da cidade é uma dos melhores a partir daqui. Não se desanime com a altura da pagoda: dentro ha escadas rolantes e elevadores .

Leifeng Pagoda – Originalmente construída no ano 977, tudo o que resta da pagoda original é o alicerce em ruínas. Não há muito para ver dentro da própria pagoda, que foi recentemente reconstruída em 2000. No entanto, a vista da cidade é uma dos melhores a partir daqui. Não se desanime com a altura da pagoda: dentro ha escadas rolantes e elevadores .

 

Hanzghou é também super conhecida por ser a “terra do original chá verde”. Há milhares de plantações pela cidade e um passeio super gostoso e diferente é ir ate um desses lugares e tomar um chá fresquinho – seguindo as tradições chinesas – nas casas de chá que há em cada uma. Top demais.

 

cha plantação

 

cha

 

Há bastante coisa para se ver e se admirar em Hangzhou e a Lívia acha que 2 dias são suficientes para dar uma boa geral na cidade. Importante saber que o metrô ainda esta em construção e o transito é terrível, então, a melhor maneira de se locomover por la é contratar um motorista que fique a sua disposição. Isso é fácil e o concierge do hotel sempre resolve estas questões. Falando em hotel, as opções por lá são ótimas!

 

 

Four Seasons Hotel - Voce voltara no tempo ao entrar pelo hotel em um tradicional barco chines de madeira.

Four Seasons Hotel – Voce voltara no tempo ao entrar pelo hotel em um tradicional barco chines de madeira.

 

Amanfayun Spa - totalmente arquitetado no estilo das antigas vilas chinesas. E é Aman né. Isso já diz muita coisa

Amanfayun Spa – totalmente arquitetado no estilo das antigas vilas chinesas. E é Aman né. Isso já diz muita coisa

 

Suzhou é charmosíssima e cheia de contrastes. Por um lado, é super movimentada, já que é uma das economias mais aquecidas que existem por ser a maior produtora do mundo de computadores portáteis; por outro, é possível ainda encontrar vestígios de uma cidade muito antiga em torno dos canais. Justamente por conta desses canais, Suzhou é chamada de “Veneza do Oriente”. Vale muito a pena fazer um passeio pelos canais, ponto de vista ideal para apreciar a paisagem pitoresca. Fora que as fotos tiradas de dentro do barco ficam incríveis!

 

Suzhou

 

Suzhou canal

 

Mas Suzhou não é apenas conhecida por seus canais. Seus jardins são impressionantes e realmente maravilhosos, tanto que o “Lingering Garden” foi declarado patrimônio da humanidade pela UNESCO em 1997. Dica da Lívia: ” há mais de dez jardins clássicos chineses para visitação em Suzhou, mas na minha humilde opinião, apesar de maravilhosos, são todos muito parecidos, ou seja, visite 2 jardins e já está super visto! “

 

lingering garden1

 

lingering garden

 

Assim como em Hangzhou, há uma infinidade de pagodas e templos para serem visitas em Suzhou. Os mais famosos são o North Temple Pagoda e a Tiger Hill Pagoda também conhecida como a Torre de Pisa da China, devido à sua inclinação. No local onde esta localizada a Tiger Hill Pagoda existe um jardim belissimo, cheio de flores, arvores, esculturas em pedras e um rio. Prepare-se para caminhar um pouquinho e subir alguns (muitos) degraus.

 

North Temple Pagoda

North Temple Pagoda

 

Tiger Hill Pagoda

Tiger Hill Pagoda

 

Um dia em Suzhou é o suficiente para um bom passeio. Mas se você preferir ir com mais calma, ha vários hotéis de redes internacionais com preços super razoáveis, como o Intercontinetal, Crowne Plaza, Shangri-la e Hyatt.

 

Um conselho bem valioso da Lívia: além do motorista, se possível, é bem bacana contratar um guia que te acompanhe nas duas cidades. A questão é que, exceto em Shanghai e Beijing, quase ninguém fala nem inglês nem “chinglish” (nota da editora: HAHAHAHA chinglish é muito bom), então calculem a probabilidade de passar aperto. Então, para não arriscar, é bom ter uma assessoria bilingue, certo? 

 

E aí? Todos empolgados como eu por conhecer um pouco mais da China? Estou amando.

 

Logo mais a Livia estará de volta com mais destinos e histórias interessantes. E sigam o Instagram dela @fun_in_asia. É bárbaro, cheinho de dicas sobre os lugares mais incríveis da Ásia.

 

Zaijian!

 

Postado por às 16:13

destinos category image
Comentar

 

Gente, estou passando uns dias em Londres antes de embarcar para a Islândia (viagem bafônica, aguardem) e aproveitei para dar uma geral nesta cidade que tanto amo. Sabiam que eu já morei aqui muitos e muitos anos atrás? Mil novecentos e bolinha não define, mas enfim. Sou louca por Londres e é isso que importa. 

 

IMG_8591

 

IMG_8593

 

Daí que descobri este serviço, o Afternoon Tea Bus Tour, que é o mais novo queridinho da terra da Rainha. É um passeio de ônibus que dura 1h30, pelos principais pontos de Londres com o típico chá inglês a bordo. Um charme! Custa £45 para adultos e £35 para crianças. É bem bacana. Até minhas primas princesas, que estão morando aqui, e com que passei dias maravilhosos me acompanharam.

 

IMG_8576

 

IMG_8602

 

IMG_8563

 

 

Imprescindível reservar com antecedência!

 

E gente: como eu disse, parei aqui pois estou indo para a Islândia e logo em seguida vou emendada para a Indochina! São duas viagens incríveis que terão todos os detalhes publicados aqui, no meu Instagram @silvanabertolucci e no meu Snapchat silbertolucci. Acompanhem, tá? Vai ser mara.

 

Beijos beijos, até mais!

Postado por às 17:29

servicos category image
Comentar

IMG_8225

 

Fica até difícil explicar como é que um santuário como o Unique Garden pode estar tão perto de São Paulo. Localizado nas proximidades do Parque Estadual da Cantareira, último reduto preservado da Mata Atlântica na cidade, o Unique Garden tem como principais tesouros seu jardim, florido o ano inteiro, água mineral de fonte própria e uma horta com ervas e verduras orgânica e muito mais.  

 

IMG_8162

 

IMG_8185

 

É o tipo de hospedagem de altíssimo padrão que ainda proporciona saúde, bem-estar e tranquilidade. Relaxamento e desligamento total a poucos minutos do Aeroporto Internacional…parece mentira, né?

 

IMG_8191

 

Suas villas e chalés, estrategicamente localizados, são cercados de jardins floridos, com muito espaço e privacidade. A beleza e o aroma da lavanda tomam conta de cada canto do hotel, o que faz deste ambiente um verdadeiro sonho. Isso sem falar nos bosques, aves e animais silvestres, plantas nativas e ar puro em 330 mil m². Vocês PRECISAM ver de perto todo os detalhes do luxo e conforto que há por ali. Além de tudo, o Unique Garden ainda é Pet Friendly e tem uma mega estrutura para nossos bichinhos. Rola até ração orgânica e carpaccio de boas vindas, gente!

 

IMG_3053

 

IMG_3047

 

Spa e gastronomia, detentora do selo Green Kitchen, que certifica os mais altos padrões de ingredientes orgânicos, semeados e cultivados em estufas próprias, também merecem aplausos. Tudo muito requintado, com atendimento super personalizado, e cozinha comandada pelo super chef Daniel Aquino. Um luxo. Estou com meias palavras pois o lugar é tão bárbaro que realmente fica difícil adjetivá-lo.

 

IMG_3022

 

IMG_3018

 

IMG_2916

 

IMG_8214

 

 

Na verdade, a história por trás do Unique Garden também é muito, mas muito bacana, e merece ser contada: Lara, a filha mais nova do empresário Victor Siaulys, idealizador do Unique e sócio fundador dos Laboratórios Aché, nasceu prematura e teve um descolamento de retina, causado pelo excesso de oxigenação da incubadora onde passou seus 2 primeiros meses de vida, que a deixou deficiente visual. Seu pai, pensando em seu bem estar e futuro, criou um espaço para que ela se desenvolvesse de forma plena. A partir daí, a propriedade de Mairiporã, sua fazenda, passou a receber não apenas a pequena Lara, mas também diversas crianças com problemas visuais. Em seguida, ele fundou o Instituto Laramara, que hoje é dirigido pela própria Lara e por sua mãe, Mara,  e que já beneficiou de alguma forma milhares e milhares de pessoas através de seus programas. Demais saber que o que para gente é um hotel e spa de luxo, na verdade começou por causa de uma busca tão grande por conquistas. Top demais o Sr. Victor, que deixou um legado e tanto e que, ao perceber o lugar como um santuário, criou essa maravilha que temos hoje. 

 

IMG_2886

 

IMG_2890

 

E além de tudo isso, o Unique Garden ainda faz um trabalho incrível em parceria com o IBAMA, recuperando animais que por diversos motivos (feridos, doentes, correndo perigo de extinção, abandonados, vítimas do tráfico, etc ) precisam se recuperar antes de serem inseridos novamente em seu habitat natural ou encaminhados para adoção. Macacos, araras, lobos guarás, tamanduás, cachorros, gatos…todos ultra bem cuidados pela equipe de veterinários e tratadores, que são verdadeiros pais para os bichinhos. Lindo trabalho, deu gosto de ver. 

 

IMG_8224

 

IMG_3001

 

IMG_2941

 

IMG_2921

 

IMG_2934

 

IMG_8226

 

Não vejo a hora de voltar!

Postado por às 17:32

hoteis category image
Comentar

 

O Burger & Lobster é uma cadeia de restaurantes bem descolada em Londres – são 7 endereços espalhados pela cidade – que serve lagosta, hamburger e drinks espetaculares.

 

Bárrrbaro.

 

9047b5dcf2eb5c6887f84b86e18dd55f

 

O lugar é realmente MARA e está sempre lotado, o que faz das filas de espera algo usual. Mas tudo ali é tão agradável, atendimento incluso, que tomar chá de cadeira na porta não configura perrengue.

 

andy-hayler-burger-and-lobster-the-full-menu-w709-h532

 

Enfim. Por £20 você pode saborear uma lagosta inteira, um Lobster Roll ou um hamburger ma-ra-vi-lho-so. São essas as alternativas. Nem menu tem, gente. Qualquer uma das opções vêm acompanhadas de chips e saladinhas igualmente deliciosos. Sério. Molhos incríveis, batatinhas fritas no ponto. Sei lá, eu sinceramente acho que £20 não é caro para uma lagosta, mas um tanto salgado para o hamburger, apesar de ser um dos melhores da vida. Porém, o conjunto da obra vale o preço. O lugar o atendimento, os acompanhamentos, as sobremesas, tudo.

 

c40e6f04ff5ea4dc2ec961c8f561051a

 

b27adb92719522e6bd8a7c370e772a6f

 

Vale mega a pena conhecer. Vejam só os endereços:

 

29 Clarges Street – Mayfair

36-38 Dean Street – SoHo

40 St. Johns Street – Smithfield

1 Bread Street

Fifth Floor Harvey Nichols – Knightsbridge

6 Little Portland Street – Fitzrovia

52 Threadneedle Street – esse vai inaugurar logo logo.

 

E gente: tem em NYC também. Fica na 39 West 19th Street, entre a 5th e a 6th! Top demais. 

Postado por às 16:28

gastronomia category image
Comentar

5337-faro-di-capo-spartivento1_original

 

O Faro Capo Spartivento é um hotel super exclusivo que tem uma posição pra lá de privilegiada. Fica no alto de uma falésia, entre as montanhas, cercado pela exuberante vegetação mediterrânea e oferece um panorama absurdo de 360° sobre o mar azul. Bárbaro. Sua localização isolada, a apenas 50 Km de  Cagliari , Chia, no extremo  sul da Sardegna , permite que os hóspedes desfrutem de algo raro: o silêncio da natureza acompanhado por paz e TEMPO para relaxar e explorar cada cantinho dessa região MARA da Itália. Imaginem só celebrar um casamento aqui? Affff. E uma lua de mel então? Perfeito. 

 

5337-faro-di-capospartivento2_original

 

5337-faro-di-capo-spartivento2_original

 

O hotel tem este nome pois está no alto do cabo Spartivento e era, de fato, um farol. Faro = farol; Capo Spartivento = Cabo Spartivento :-P . Foi construído em 1856 pela Marinha Italiana em uma área de 600 metros quadrados, guiou os marinheiros por 150 anos, foi metralhado por aviões norte-americanos durante a II Guerra e funcionou como residência do faroleiro até os anos 80. O bacana é que, apesar de ter sido transformado neste hotel de luxo, o farol mantém sua essência, seu encanto original. 

 

5337-faro-di-capo-spartivento7_original

 

Sua área externa é incrível. Tem um imenso jardim com uma oliveira centenária no meio do gramado, onde você pode se sentar em deliciosos sofás branquinhos em frente à grande lareira. Há também 8 gazebos de vidro onde os hóspedes fazem as refeições observando a linda vista. Isso sem falar na piscina de borda infinita rodeada por um deck delicioso, com jacuzzis, cadeiras de praia e guarda-sóis, lugarzinho ideal para um drink em frente ao mar ou para assistir ao por do sol e aguardar o farol acender enquanto as cabras invadem o penhasco em volta. Um sonho. 

 

5337-faro-di-capo-spartivento12_original

 

5337-faro-di-capo-spartivento8_original

 

5337-faro-di-capospartivento6_original

 

5337-faro-di-capo-spartivento3_original

 

5337-faro-di-capospartivento3_original

 

Por dentro, o hotel é igualmente fantástico, com uma decoração super elegante em cada ambiente, lustres de Murano e peças com muita personalidade. No segundo andar, o destaque fica por conta do terraço, onde as camas de dossel são um convite a um banho de sol ou ao céu estrelado. Encantador. 

 

5337-faro-di-capo-spartivento10_original

 

5337-faro-di-capospartivento4_original

Postado por às 17:03

hoteis category image
Comentar

O Pinguim é a choperia mais ilustre de Ribeirão Preto, cidade tão simpática do interior de São Paulo. Frequentadíssima tanto pelos moradores da região como por um sem fim de visitantes, sua fama vem de sua tradição, suas “histórias”, seu cardápio, super bem montado e variado, recheado de petiscos incríveis, comidinhas de boteco e feijoadas MARA e, principalmente pelo seu chopp Antárctica, tão bem tirado, tão perfeito e tão absurdamente cremoso, que o transformou no mais conhecido do país e me dá água na boca só de pensar. Impossível falar de Ribeirão sem lembrar do Pinguim e vice versa. A casa é um verdadeiro cartão postal da cidade.

 

Chopeira do Bar Pingüim.

 

Sua história começou na década de 30, quando o Edifício Diederichsen estava sendo construído no coração de Ribeirão Preto. Antes mesmo da inauguração oficial deste marco arquitetônico da cidade, em 1937, um misto de bar com choperia abria suas portas no térreo do edifício em acabamento, sem grande alvoroço. Nascia naquele momento o Pinguim! 

 

rp017

 

Na década de 60, o Pinguim ampliou seus horizontes e passou a ser conhecido também no exterior. Nos anos 70 surgiu a primeira filial, localizada na esquina em frente, e nos anos 80 vieram mais duas choperias, o que firmou a casa também como restaurante e consolidou seu status como “embaixador” de Ribeirão Preto para o Brasil e o mundo. Depois vieram mais duas unidades e a filial de Belo Horizonte. Sortudos os mineiros, hein! Atualmente há 3 choperias em Ribeirão, além do empório, localizado onde era o Pinguim original, que comercializa produtos com marca própria.

 

pinguim-i

 

O prestígio fez com que “histórias” surgissem para explicar a qualidade do chopp servido lá. A mais pop é aquela que fala sobre uma serpentina gigante, uma super tubulação que ligava a fábrica da Antárctica à choperia, fazendo com que o chopp saísse diretos da fonte para o copo de quem estava no Pinguim. Não sei vocês, mas eu acreditei nessa lenda durante toda a minha vida e certamente ajudei a espalhá-la, kkkkk! Enfim, o importante é que o chopp é muito top e quem entende do assunto explica que isso está relacionado ao cuidado e à forma com que os garçons o tiram do barril. Até a lavagem dos copos é contolada, já que isso também interfere no sabor, vocês acreditam? A pressão das torneiras também é super regulada e os 400 metros de serpentina dentro das câmaras frias, monitorados, assim como o processo de reposição do gelo sobre os barris a toda hora. A carga do líquido que chega diariamente descansa por 1 dia antes de ser consumido – com a renovação constante o chopp não envelhece. Daí é só saber servir e cremar o chopp, e isso eles sabem, né. Know how é tudo na vida mesmo, e é justamente por isso que o Pinguim já está a mais de 70 anos fazendo sucesso, alimentando a memória e habitando o coração do povo. Um clássico cheio de qualidades, vale muito a pena conhecer!

 

cimg4773

 

Pinguim Centro – pé direito alto, cores aconchegantes, lustres personalizados e o piso xadrez em preto e branco são algumas das características da casa. Além disso, detalhes do salão reforçam ainda mais o ambiente da época em que o Pinguim foi inaugurado, como por exemplo o vitrô com elementos inspirados no trabalho do arquiteto Frank Lloyd Wright.
Rua General Osório, 389 - Telefone: 16 3610-8258

Pinguim Ribeirão Shopping - possui uma arquitetura rústica com algumas semelhanças à choperia do centro. O charme desta casa é o vitral de 2,5X4 metros com a reprodução da obra “A Fazenda” do artista espanhol Joan Miró. É o Pinguim mais movimentado de Ribeirão.
Av. Cel. Fernando Ferreira Leite, 1540 Loja 29 - Telefone: 16 3620-2919

Pingüim Santa Úrsula Shopping - é onde os amigos se reúnem para assistir futebol regado a chopp gelado. Combinação melhor não há. Feijoada e grelhados especiais fazem bastante sucesso.
Rua Sao Jose, 933  Lojas 22,23,24,25 – Telefone: 16 3625-1226

Postado por às 10:32

hot-spots category image
Comentar
© 2015, Silvana Bertolucci. Todos os direitos reservados.
desenvolvimento: Absoluto Web